Ex-marido agride mulher por achar que ela estaria com outro homem

Em outra ocorrência, um homem levou uma coronhada de revólver e foi ameaçado de morte. Ele tentou ajudar a cunhada que é vítima de violência

Ex-marido agride mulher por achar que ela estaria com outro homem (Foto: Arquivo/RSN)

A Polícia Militar atendeu duas ocorrências de violência doméstica em Guarapuava e Região entre a quarta (16) e o início desta quinta (17). Em Guarapuava, a PM atendeu uma solicitação no bairro Vila Bela, por volta da 1h. Momento em que os policiais ouviram gritos. Assim, se deslocaram para os fundos de um terreno onde um homem estava em luta corporal com um adolescente.

A equipe deu voz de abordagem, mas o homem não acatou e continuou a agressão. Desse modo, sendo necessário o uso de técnicas de mobilização para contê-lo. O adolescente de 13 anos é filho do homem de 33 anos. Após ambos serem contidos pela PM, uma mulher de 37 anos, mãe do adolescente, relatou que está separada.

Além disso, ela informou que o ex-marido tentou reatar o relacionamento com ela muitas vezes, indo até a residência onde mora. Porém, hoje (17) ele teria pulado o portão da casa e batido na janela. Quando a mulher abriu para verificar quem seria, o ex-marido a agarrou pelo pescoço e a puxou. Ela também relatou que ele a agrediu com chutes e socos, falando que ela estaria o traindo com outra pessoa. A briga entre pai e filho ocorreu em seguida.

Por fim, diante do interesse da vítima em representação, a PM prendeu o homem. Bem como, encaminhou os envolvidos à 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

AMEAÇA DE MORTE

Por volta das 23h30 dessa quarta (16), os policiais estavam em patrulhamento pela área central de Goioxim. Em determinado momento, um homem de 28 anos abordou a equipe. Ele relatou que o agrediram com uma coronhada de revólver e depois o ameaçaram de morte com um punhal. De acordo com as informações relatadas à PM, quatro pessoas estavam envolvidas. Segundo a vítima, elas estavam em um GM Monza Bege. Além disso, teriam fugido.

Ainda conforme o relato, a cunhada do homem estava separada e possuía medida protetiva contra o ex-marido. Ela estava na casa do cunhado devido a separação. Além disso, ele informou que já havia visualizado diversas conversas da mulher com o ex nas redes sociais. Bem como telefonemas.

Ele também comentou que na quarta (16) a cunhada estaria combinando de ir embora com o ex-marido. Diante da situação e sabendo das agressões que a mulher já sofreu, ele tentou conversar com ela. No entanto, foi agredido pelo ex-cunhado, pela mãe dele, pelo avô e pelo irmão. Além disso, relatou que o avô do agressor o ameaçou com um punhal e o agrediu com uma coronhada. Por fim, os agressores fugiram.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Comentários