Exército confirma morte de mais um militar

Guarapuava – (Mário Coelho) – O Comando do Exército confirmou nesta segunda-feira (18) a identificação do corpo do tenente-coronel Marcus Vinícius Macêdo Cysneiros, que estava desaparecido após o forte terremoto do último dia 12 no Haiti. De acordo com a Agência Brasil, ele servia o Gabinete do Comando do Exército e estava desempenhando funções de observador militar da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah).
Com a identificação, chega a 16 o total de militares brasileiros mortos no país caribenho. Com a morte da coordenadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, e do representante especial adjunto do secretário-geral das Nações Unidas (ONU) no Haiti, Luiz Carlos da Costa, somam 18 as mortes no Haiti. O Comando do Exército também confirmou a morte do major Francisco Adolfo Vianna Martins Filho, que também estava desaparecido desde o último dia 12.
Na madrugada de hoje, mais um avião da Força Aérea Brasileira decolou da Base Aérea do Rio de Janeiro em direção ao Haiti levando alimentos para a população arrasada pelo terremoto do dia 12. Segundo a ABr, o Boeing 707 saiu à 1h da manhã carregado com 14,8 toneladas de mantimentos. Até o momento, 14 aviões da FAB já levaram mais de 150 pessoas e 100 toneladas de carga, que incluem equipamentos de saúde, alimentos, medicamentos e água. A expectativa da Aeronáutica é manter entre dois e três voos diários para o Haiti.

Relacionadas

FISCALIZAÇÃO

Força-Tarefa reforça combate à pesca predatória e desmatamento no PR

CAMPEONATO PARANAENSE

Datas para o Campeonato Paranaense já estão definidas

ORIENTAÇÕES

IAT orienta população sobre entrada nos parques estaduais

Comentários