Família de Gabriel, menino vítima de erro médico, pede ajuda de guarapuavanos

Com jantar beneficente, pais pretendem arrecadar fundos neste sábado (15) para o tratamento do filho. Ingressos estão disponíveis

*Matéria atualizada às 15h57 para retificação de informação.

Os pais de Gabriel,menino vítima de um erro médico na UPA do Batel, estão organizando um jantar beneficente para arrecadar fundos para o tratamento da criança. Em maio deste ano, o menino, de três anos,  foi levado pela mãe, Noelvis Terezinha de Oliveira, até a Unidade de Saúde do Batel com suspeita de resfriado. De acordo com ela, Gabriel foi diagnosticado com bronquite asmática e foi colocado no soro para receber os medicamentos prescritos pelo médico responsável. A criança recebeu uma superdosagem de sulfato de magnésio, causando sérios danos neurológicos.

Relembre o caso: Criança vive em estado vegetativo após ser medicada em unidade de saúde, em Guarapuava

(Foto/Reprodução: Arquivo pessoal)

De acordo com o pai de Gabriel, Adilso Oliveira, hoje, o garoto está com os movimentos dos quatro membros do corpo comprometidos e com problemas pulmonares, dificultando a respiração. O menino também não fala e se alimenta por sonda.

“Ele está no quarto do hospital esperando resultado de alguns exames para ir para casa. Depois, vamos prosseguir com o tratamento pago particular pois o município não está dando o tratamento adequado”, contextualiza Adilso.

Em contato com a Secretaria de Saúde de Guarapuava, a equipe contou ao Portal RSN que a Prefeitura têm fornecido amparo ao tratamento de Gabriel desde que o caso aconteceu, custeando exames e cirurgias, além de materiais como fraldas e pomadas. Além disso, o menino está inscrito no programa Melhor em Casa, que recebe periodicamente o atendimento domiciliar de profissionais como fonoaudióloga e psicóloga. De acordo com a Secretaria, também foi realizada a compra de um massageador para o tratamento de Gabriel. O secretário de saúde de Guarapuava, Celso Góes, enfatiza que o erro médico foi causado por um profissional terceirizado, que não atendia como funcionário público.

“Mesmo assim, estamos disponibilizando toda a ajuda para reparar os danos causados ao menino”, afirma o secretário.

Segundo o pai de Gabriel, o jantar beneficente acontecerá na noite deste sábado (15), no Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Os interessados podem adquirir os ingressos à R$ 30 na Jely Modas, em frente ao Oba Oba, ou diretamente com os pais de Gabriel pelo telefone (42) 9 9957-1784. Haverá bingo e sorteio de brindes durante o evento.

Os pais de Gabriel, Noelvis Terezinha de Oliveira e Adilso Oliveira, pedem o apoio da população guarapuavana para o tratamento do filho (Foto: Arquivo pessoal)

O CASO 

No dia 24 de maio, Gabriel foi vítima de um erro de prescrição médica, recebendo a superdosagem de 15 miligramas de sulfato de magnésio, ao invés de 1,5 miligramas. O menino sofreu paralisia cerebral, causando quadriplegia espática. No início do mês, o menino teve complicações nos dois pulmões, precisando realizar uma cirurgia do tipo traqueostomia.

Relacionadas

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

NÃO ACABOU

5ª Regional perde posto de menor índice de contaminação do PR

LUTO

Diego Maradona morre aos 60 anos em Tigre, na Argentina

Comentários