Fies abre hoje (6), as inscrições para vagas remanescentes

O processo de ocupação das vagas remanescentes do Fies ocorrerá de acordo com a ordem de conclusão das inscrições

Fies abre hoje (6), as inscrições para vagas remanescentes (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Começam nesta terça (6) as inscrições para as vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do 2º semestre deste ano. Os estudantes podem se inscrever para uma das 50 mil vagas por meio da página do Fies na internet.

As vagas disponíveis são aquelas que os alunos não ocuparam ao decorrer do processo seletivo regular. O motivo é a desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação na contratação do financiamento, por exemplo. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), nos três primeiros dias de inscrições, que vai de 6 a 8 de outubro, os estudantes podem tentar uma vaga somente para os cursos prioritários. São eles os da área de saúde, engenharias, licenciaturas e ciência da computação.

Os candidatos não matriculados em uma instituição de ensino superior podem se inscrever até às 23h59 do dia 13 de outubro. E aqueles já matriculados terão prazo até o dia 13 de novembro para fazer as inscrições.

AS VAGAS REMANESCENTES

O processo de ocupação das vagas remanescentes ocorrerá de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. Por essa razão, o MEC alerta que o candidato que precisar alterar alguma informação na inscrição já concluída no sistema, deve ficar atento porque terá que cancelá-la para depois fazer uma nova inscrição.

Desse modo, aqueles que desejam se inscrever devem ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010. Além disso, ter obtido no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame. E não ter zerado a prova de redação. O interessado precisa ainda ter renda mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa da família.

Por fim, o Fies é o programa do governo federal que tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Assim, criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018. Por meio do Fies e também do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CUIDADO

Receita Federal alerta para sites falsos que simulam leilões do órgão

ELEIÇÕES

STF confirma que não é obrigatório portar título de eleitor para votar

FACILIDADE

Financiamento da casa própria já pode ser feito por app da Caixa Econômica

Comentários