Governador anuncia construção de Penitenciária em Laranjeiras do Sul

O gasto total com as obras pode chegar a R$ 17 milhões

(Foto: Ascom/Prefeitura de Laranjeiras do Sul)

Laranjeiras do Sul recebeu o direito de construir um super presídio, orçado em mais de R$ 15 milhões, podendo chegar a R$ 17 milhões. A expectativa da prefeitura é de que a “Casa de Custódia” gere centenas de empregos na fase de construção e centenas de postos de trabalho depois de instalada.

O anúncio foi feito pelo Governador Ratinho Junior, nas redes sociais, após reunião no Palácio Iguaçu com o prefeito Berto Silva e com o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano.

“Eu quero anunciar no dia de hoje a construção de uma Penitenciária (Casa de Custódia) em Laranjeiras do Sul, aonde vamos levar mais segurança, mais policiais e acima de tudo gera mais empregos. Esse é o nosso compromisso de levar mais segurança para o Estado do Paraná”.

O prefeito Berto Silva, comemorou mais esta conquista. “Estou muito feliz, pois vamos resolver um problema secular: o da superlotação em nossa cadeia pública, que hoje abriga 190 detentos num lugar onde só cabem 50”, disse o prefeito

De acordo com a assessoria o prefeito espera entrar na estratégia de segurança pública do Paraná e do Brasil. Além disso, a expectativa, considerada como conquista histórica pelo prefeito, deve desencadear novos investimentos na cidade, como a implantação de uma Vara de Execução Penal no Fórum da Comarca, a instalação da Companhia Independente da Polícia Militar, entre outras. “Trata-se de um anúncio que mudará o futuro não só de Laranjeiras do Sul, mas de toda a região”, disse o prefeito.

CADEIA ATUAL

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que atualmente a cadeia local conta com mais de 190 presos, sendo a maioria provisórios, ou seja, sem condenação definitiva, em uma área com capacidade para abrigar 50 pessoas.

A construção é antiga e é localizada no centro da cidade, ao lado do Hospital São Lucas. Já a Casa de Custódia é um sistema prisional que funciona em regime provisório, com presos rotativos. Ela é considera uma válvula de escape para resolver o problema de vagas especialmente em delegacias.

Relacionadas

CONTRA O CRIME

Choque prende três pessoas por tráfico de drogas em Pitanga

TRABALHO POLICIAL

Dois rapazes são presos após tentar fugir da PM em Pinhão

VIOLÊNCIA

Mulher é encontrada morta em via pública em LS

Comentários