Guarapuava fecha abril com saldo negativo, diz Caged

De acordo com o Caged, Guarapuava terminou o mês de abril com 700 postos de trabalho fechados no município. Acumulado do ano também é negativo

Guarapuava fecha abril com saldo negativo, diz Caged (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

Guarapuava registrou saldo negativo de postos de trabalho no município em abril. Assim, conforme os números do Caged – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgados nessa quarta (27), o mês de abril encerrou com 700 postos de trabalho fechados em Guarapuava. Foram 550 admissões contra 1.250 demissões.

Os números refletem o momento econômico provocado pela pandemia de coronavírus, e atinge não só Guarapuava, mas o Paraná, o Brasil e o mundo. De acordo com o Caged, com exceção de fevereiro que fechou com saldo positivo de 220 novos postos de trabalho no município, em janeiro o saldo negativo ficou em 76 postos encerrados. Em março deste ano foram mais 242 desligamentos. E por fim em abril, 700 demissões.

Assim, o acumulado de 2020 em Guarapuava é negativo também, com 806 postos de trabalho fechados.

PARANÁ

Conforme os números do Caged, para o Paraná o mês de abril também foi negativo. Foram 47.081 admissões contra 102.089 demissões. Ou seja: foram fechados 55.008 postos de trabalho formal, com carteira assinada. O setor da Indústria sofreu impacto com fechamento de 13.921 vagas de trabalho em abril.

Outro setor bastante atingido pela crise econômica causada pela pandemia do coronavírus foi o setor de Serviços no Paraná, com 24.407 postos de trabalho fechados. No acumulado do ano, de janeiro a abril de 2020, foram 403.244 admissões contra 425.668 demissões no Estado, com saldo negativo de 22.424 postos de trabalho.

BRASIL

Os números no Brasil também ficaram negativos. No acumulado de janeiro a abril, foram 4.999.981 admissões, contra 5.763.213 demissões. Ou seja: 763.232 trabalhadores perderam o emprego.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SONHO ROUBADO

Menino tem bicicleta furtada e comove com pedido nas redes sociais

NOVIDADE

Prédio antigo da catedral será transformado em santuário em Guarapuava

QUALIDADE DE VIDA

Cohapar vistoria 154 casas para famílias vulneráveis e de idosos em Prudentópolis

Comentários