Guarapuava, referência da 49.º edição nos Jogos Universitários do Paraná

Durante o período dos Jogos Universitários Paranaenses, Guarapuava passou a ser ponto de integração entre as equipes esportivas e suas respectivas instituições, tornando-se assim mais conhecida entre a comunidade acadêmica.
A cidade tornou-se referência esportiva por atender pela segunda vez jogos em âmbito estadual, e comprovou estar capacitada tanto em infra-estrutura, organização e também pela gentileza do povo guarapuavano.
O diretor-geral das Faculdades Guairacá, Juarez Soares (foto), afirma que os cidadãos de Guarapuava evoluíram muito na questão de prestígio e conhecimento do esporte, já que estiveram na cidade muitos atletas de renome nacional e internacional, como é o caso de Alan Pereira da Silva. O atleta tem 26 títulos de campeão paranaense em Karatê, sendo também pentacampeão Brasileiro e Hexacampeão Sulamericano na mesma modalidade.
Soares ainda ressalta que o binômio educação e esporte se fez presente neste período e que para a Faculdade foi uma honra sediar os jogos juntamente com a Federação Paranaense de Desportos Universitários e a Prefeitura de Guarapuava. “É uma oportunidade de mostrar a força de organização e trabalho que a Guairacá tem”, observa. Na opinião do diretor, o evento foi um sucesso, já que está recebendo muitos elogios por parte dos representantes de outras instituições, e também por ter apenas uma atuação do Tribunal Desportivo, pelo fato de ter ocorrido um W.O.
Para a estudante Desirée, de Fisioterapia da Unopar de Londrina, a única dificuldade foi se adaptar ao frio para realizar as atividades físicas do futsal, já que a alimentação foi de boa qualidade e o alojamento estava em boas condições.
Marco Aurélio Marabá, Diretor de Futsal da Federação Paranaense de Desportos Universitários, afirma que é a primeira vez que vivencia Jogos Universitários de tanta qualidade, disputados verdadeiramente, com poucas ocorrências e numa tranquilidade total.
O Presidente da Federação Paranaense de Desportos Universitários, Ney Mecking, diz que Guarapuava vai ganhar muitos benefícios por ter sediado o JUP´S, principalmente o de conhecimento da cidade por parte dos atletas de outras regiões e as relações que foram construídas pelas equipes esportivas. Quanto à organização do evento, Ney acredita que foi de excelente qualidade, pois não houve problemas além do habitual, como indisciplina e algumas lesões. “É o esporte mais uma vez contribuindo e colaborando para a educação, objetivo maior desse período tão curto de vida acadêmica. Pelo esporte estaremos formando futuros cidadãos do nosso país”.
Na questão da competitividade entre os desportos nossas representantes, Guairacá e Unicentro, ficaram muito bem colocadas na classificação geral. Os atletas deram o melhor de si para a conquista das medalhas. A Guairacá ficou em primeiro lugar no futsal masculino e a Unicentro ficou em segundo lugar na categoria de judô.

Classificação Geral

1.º – UEM – Maringá – 82 pontos
2.º – Dom Bosco – Curitiba – 54 pontos
3.º – Guairacá – Guarapuava – 43 pontos
4.º – UEL – Londrina – 43 pontos
5.º – Cesumar – Maringá – 29 pontos
6.º – Unicentro – Guarapuava – 29 pontos
7.º – Unopar – Londrina – 26 pontos
8.º – Unioeste – Cascavel – 26 pontos
9.º – PUC – Curitiba – 24 pontos
10.º – FAG – Cascavel – 24 pontos
11.º – Unipar – Umuarama – 19 pontos
12.º – UTFPR – Curitiba – 16 pontos
13.º – Fafipa – Paranavaí – 15 pontos
14.º – FAE – Curitiba – 14 pontos
15.º – Tuiuti – Curitiba – 11 pontos
16.º – UEPG – Ponta Grossa – 6

Morgana Nunes

Relacionadas

Operário enfrenta o Cruzeiro nesta quarta (20) no 'Brasileirão Série B'

ESPORTE

Largada do Campeonato Paranaense será em fevereiro

APOIANDO O ESPORTE

Municípios receberam R$ 35 milhões em materiais e equipamentos esportivos

Comentários