Hemocentro precisa de 40 doações por dia, em Guarapuava

Fernando Guiné continua na chefia do núcleo regional

Fernando Guiné e Anita Krutsch (Foto: Larissa Ortis/RSN)

Responsável por 20 municípios da região, incluindo Guarapuava, para suprir a demanda, o Hemocentro de Guarapuava precisa de 40 doações por dia. De acordo com o chefe regional do núcleo, Fernando Guiné, reconduzido ao cargo desde o dia 1º de junho, se faz necessário que os doadores compareçam nesta temporada de frio, período em que há uma redução de doações. “O nível de doações cai com o frio por inaptidões temporárias como gripes e resfriados”.

Segundo Fernando Guiné, a maior demanda de sangue é para cirurgias, transfusões, para as quais o Hemocentro mantém agências transfusionais nos hospitais para manter os estoques. Porém, com a solidariedade de doadores dos municípios atendidos, entre janeiro e maio deste ano, foram registradas 2.917 doações, que conseguiram equilibrar o estoque acima da média necessária.

Segundo Guiné, as doações podem ser feitas por pessoas com 16 até 60 anos de idade. Em Guarapuava as doações podem ser feitas das 8h às 11h e das 13h30 às 16h, de segunda a sexta. O endereço é rua Afonso Botelho, 134, bairro Trianon. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 3622-2819 ou pelo e mail: hemogpvasocial@ses.pr.gov.br.com. Os agendamentos prévios devem ser feitos, de segunda a sexta, das 13h30 às 16h.

Relacionadas

EXPLOSÃO COVID-19

Em 24h, Guarapuava registra 71 novos casos de covid-19

FALTAM 3 DIAS

“Ficou nítida a dissimulação do réu preso", diz advogado de família Spitzner

SÚMULA

Súmula de recebimento de licença prévia

Comentários