Homem dispara contra jovens, danifica carros e é preso em Pinhão

O homem tinha sinais de uso de drogas. Ele batia a cabeça nas paredes e ameaçou vítimas e policiais, dizendo “que hoje está preso, mas quando sair vão ver”

Homem dispara contra jovens, danifica carros e é preso em Pinhão (Foto: Ascom/Polícia Militar)

Em Pinhão, a PM prendeu um homem de 30 anos e apreendeu garrucha de fabricação artesanal na madrugada desta sexta (28). Conforme informações da polícia, por volta de 1h47, a equipe foi atender a a solicitação de um jovem de 20 anos que estava na rua Francisco Delle, no Centro da cidade. De acordo com o rapaz, um homem que vestia blusa vermelha e estava com a barba mal feita, se aproximou do local onde ele estava sentado com um grupo em frente um supermercado, e apontou uma arma.

Ainda de acordo com o relato da vítima, o suspeito fez um disparo na direção dos jovens, que se esconderam e pediram ajuda. Em seguida, um homem de 49 anos que estava em um bar, recolheu os jovens no estabelecimento para garantir a integridade dos mesmos. O homem informou aos policiais que ouviu dois barulhos altos, em seguida um som que se assemelha a um disparo de arma. E que saiu do bar e recolheu os jovens.

Foi verificado que o vidro traseiro do VW Voyage do dono do bar e o vidro lateral esquerdo traseiro do carro Toyota, de propriedade do homem que recolheu os jovens para dentro do bar, estavam quebrados. De acordo com o jovem, a pessoa que deu o tiro, jogou pedras nos carros danificados. Em seguida, a PM avistou um homem de blusa vermelha, que ao perceber a aproximação da viatura policial, arremessou um objeto no pátio de uma casa, que fica na rua 19 de Novembro.

FACA E GARRUCHA

Conforme a polícia, na cintura do abordado, foi encontrado um estoque de barra de ferro [faca artesanal] e uma faca. No pátio da casa, a PM encontrou a garrucha de fabricação artesanal. O homem de 30 anos não acatou os comandos dos policiais, sendo necessário o uso de força para contê-lo.

Na sede do 4º Pelotão de Pinhão, o preso batia com a cabeça nas paredes, jogava o corpo contra os bancos e ameaçava as vítimas e policiais, dizendo “que hoje está preso, mas quando sair vão ver”. O homem apresentava sinais físicos de influência de drogas e durante todo o procedimento policial gritava, falava sozinho e ameaçava as vítimas.

Por fim, ele foi preso e encaminhado para Delegacia de Pinhão.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SAÚDE MENTAL

Fim de semana é marcado por suicídios em Guarapuava e Região

MISTÉRIO

Médico é encontrado morto em Posto de Saúde de Santa Maria do Oeste

COMOÇÃO

Assassinato da estudante Louise de 17 anos choca Pinhão

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com