22/08/2023
Em Alta Região Segurança

Homem morre de ataque do coração ao ver irmão ameaçando filho e esposa

Familiares precisaram ajudar a conter o homem e o amarraram. O irmão do agressor teve um ataque do coração devido à situação e morreu na Upa

viol-domestica

Homem ameaça de morte filho e esposa, e irmão morre em Pinhão (Imagem: Reprodução/Freepik)

Um homem de 61 anos ameaçou de morte o filho de 38 anos, e a esposa de 61 anos, na noite dessa quinta (6) em Pinhão. Familiares precisaram ajudar a conter o agressor e o amarraram. O irmão do agressor teve um ataque do coração devido à situação e morreu na Upa.

De acordo com a ocorrência da Polícia Militar (PM), a equipe foi fazer o atendimento por volta das 22h30 na Localidade Faxinal dos Coutos. No local, o filho contou que o pai estava bêbado e estava ameaçando a mãe. Ao chegar no endereço, a polícia identificou o autor e constatou visíveis sinais de embriaguez.

A PM então perguntou ao filho o que aconteceu, e ele informou que o pai ameaça de morte todos da família, mas intensificou a ameaça para a mãe. Mas ontem estava bêbado e transtornado, podendo atentar contra a vida da esposa, e em certo momento ele tentou pegar uma faca para lesioná-la. Porém o filho chegou e impediu.

Além disso, o filho também contou que ao perguntar para o pai o motivo de diversas vezes beber, quebrar as coisas da casa e ameaçar a mãe, o homem partiu para cima dele. O agressor tentou dar socos no filho, mas não acertou e disse que ia comprar um revólver e matar o filho e a esposa.

Conforme as informações, logo chegaram alguns familiares para ajudar conter o homem, mas o pai acabou se machucando de tanto se bater nas paredes. Ao cair no chão, os familiares tiveram que amarrá-lo até ele se acalmar. Dessa forma, diante da situação e da vítima querer representar contra o homem, a PM conduziu as partes para a delegacia para confecção do Boletim e do Termo Circunstanciado.

PROCEDIMENTOS

A equipe ainda orientou a vítima de violência doméstica quanto às ações que deveria tomar caso
quisesse pedir medida protetiva. Entretanto, a esposa não quis representar contra o marido no momento, e como não apresentava nenhuma lesão aparente que se configura o crime, coube somente a orientação.

Como o autor estava com lesões no rosto, a PM o levou à Upa para atendimento, ficando aos cuidados do filho, mas como ele estava bêbado, não quis informar possíveis autores das lesões. Além disso, o filho ainda contou que um dos tios, irmão do autor, estava no local no momento ajudando a conter o surto do homem. Ele teve um ataque do coração e foi levado à Upa às pressas por ele, mas acabou não resistindo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Anelize Marques

Jornalista

Jornalista formada Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) desde junho de 2023. Com 22 anos, tem experiência em Assessoria de Comunicação, Webjornalismo e conteúdos digitais, e Revista. Escreve sobre temas diversos e atua como repórter no Portal RSN desde maio de 2023.

Relacionadas


Warning: Undefined array key 0 in /home/redesuld/public_html/wp/wp-includes/class-wp-query.php on line 3738

A missão da RSN é produzir informações e análises jornalísticas com credibilidade, transparência, qualidade e rapidez, seguindo princípios editoriais de independência, senso crítico, pluralismo e apartidarismo. Além disso, busca contribuir para fortalecer a democracia e conscientizar a cidadania.