Hospital São Vicente monta tenda para triagem de pacientes

A direção do hospital solicitou ao 26º Grupo de Artilharia de Campanha de Guarapuava, que montasse uma barraca em frente para servir como posto de triagem

São Vicente monta tenda para atender possíveis casos da Covid-19 (Foto: Jota Terres/RSN)

Preocupado com o avanço do novo coronavírus, o hospital São Vicente de Paulo de Guarapuava irá triar a partir da noite desta quinta (19), as pessoas que apresentarem sintomas da Covid-19. Assim, a direção solicitou ao 26º Grupo de Artilharia de Campanha de Guarapuava, que montasse uma barraca em frente à sede do hospital para ser um posto de triagem.

Em entrevista coletiva no início da tarde desta quinta, o diretor administrativo, Nadir Martini, o diretor clínico, Leonardo Borges, o médico infectologista, Alcides Botelho Filho e o médico oncologista, Leonardo Gavarrete, informaram que o hospital está respeitando as determinações do Governo do Estado decretadas na última segunda (16).

O infectologista Alcides Filho, alerta como neste período do ano todas as gripes podem potencializar. “Mesmo que o mundo não estivesse combatendo a Covid-19 neste momento, possivelmente o Brasil já teria complicações em função da gripe Influenza. Por isso, é tão importante a conscientização de tomar a vacina [da gripe] e se prevenir sempre que possível”.

Por fim, a equipe dirigente foi enfática em dizer que até o momento, não há nenhum caso confirmado do novo coronavírus atendido no hospital. Conforme Borges, nessa quarta (18), o hospital reduziu pela metade o número de pacientes. Além disso, o hospital suspendeu todas as cirurgias não urgentes e as visitas aos pacientes internados.

A entrevista coletiva foi feita na tenda para evitar a propagação do novo coronavírus (Foto: Jota Terres/RSN)

Ajuda humanitária

Hoje, mesmo que Guarapuava esteja na lista das duzentas maiores cidades do país, o município não está na lista do Governo do Estado que determina quais serão os hospitais de referência no tratamento do novo coronavírus. Porém, a direção afirmou estar trabalhando para classificar o Hospital São Vicente como referência e não apenas como hospital de retaguarda.

Ainda em entrevista, a direção informou que o Rotary Club, da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig) e as lojas maçônicas do município estão promovendo uma arrecadação financeira para a entidade.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava registra cinco novos casos de covid-19 em 24h

BALANÇO SEMESTRAL

Polícia Ambiental registra aumento de prisões e resgates de animais

MAIS ÁRVORES

No Dia da Árvore, ação prevê plantio de 550 mil mudas no Paraná

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com