Irati determina identificação em lixos de contaminados pela covid-19

A determinação é de que os pacotes que contenham lixo de pessoas com covid-19 devem ser identificados com uma fita vermelha

O objetivo é proteger os colaboradores responsáveis pela coleta de lixo (Foto: Kelly Ramos/Portal Clique)

O aumento significativo de casos de covid-19 em Irati na segunda quinzena de julho, continua fazendo com que as autoridades de Saúde do município tomem novas medidas para frear o avanço da doença. Desse modo, a Secretaria de Ecologia e Meio Ambiente de Irati orientou as famílias que separem e identifiquem o lixo dos infectados pela doença.

De acordo com a orientação da Secretaria, os familiares devem colocar o lixo em um saco com fita vermelha para identificar. Depois disso, pulverizar a embalagem com um desinfetante. Conforme as informações, a medida deve dar mais segurança aos colaboradores responsáveis pela coleta de lixo.

Atualmente, o município convive com 168 casos confirmados de covid-19. Do total, 125 pacientes já estão curados. Apenas uma pessoa segue internada. Além disso, há cinco mortes confirmadas.

DECRETOS

No dia 22 de julho, a prefeitura relaxou as medidas de isolamento, ampliou a atividade do comércio, por meio do cumprimento de medidas sanitárias e o toque de recolher teve o horário estabelecido a partir das 22h. Além disso, no fim da semana passada uma outra atividade também teve as medidas relaxadas.

Assim, o decreto 218/2020, flexibilizou a nova prática esportiva conhecida como “New Fut” em Irati. Segundo o documento, este esporte não se enquadra na cláusula do decreto 210/2020. Neste caso é proibido o funcionamento de clubes sociais, campos e quadras esportivas públicas e privadas.

Desse modo, a medida é uma alternativa para aqueles que querem continuar praticando esporte dentro das recomendações do Ministério da Saúde, e também com as limitações que esse período exige. Além da dinâmica diferente do “New Fut”, em que no máximo seis jogadores por time ficam restritos aos seus “quadrados”, e bastante distantes uns dos outros, todas as demais normas de segurança seguem prevalecendo.

A prática só foi permitida pela prefeitura, desde que fosse feito o uso do álcool em gel, respeitados o horário determinado e o distanciamento entre as pessoas, e uso obrigatório de máscaras.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA

Saúde divulga Nota Orientativa sobre prevenção de variantes do coronavírus

MAIS CHUVA

Última semana de janeiro será de tempo instável em Guarapuava

ALERTA

Enxurradas afetam mais de 27 mil pessoas em Prudentópolis

Comentários