Filho bêbado chega em casa e agride a mãe em Guarapuava

A PM atendeu quatro ocorrências de violência doméstica no feriado. Em outra, um homem ameaçou matar a ex-mulher

Filho bêbado chega em casa e agride a mãe em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

A Polícia Militar atendeu quatro ocorrências de violência doméstica em Guarapuava e Região entre o feriado (7) e o início desta terça (8). A primeira delas ocorreu por volta das 1h10 da segunda (7). De acordo com a PM, um jovem de 22 anos agrediu a mãe e ameaçou se suicidar. A equipe se deslocou ao bairro Vila Bela após denúncia do fato.

Chegando ao local, os policiais entraram em contato com uma mulher de 57 anos. Conforme relatos, o filho dela saiu com alguns amigos e voltou para casa embriagado. Ao chegar na residência, o jovem começou uma discussão com a mãe. Além disso, como ela informou, ele passou a agredi-la. A mulher tentou se defender, mas teve o braço lesionado pelo filho.

Segundo a PM, nesse momento o jovem entrou com uma faca dentro do banheiro. De acordo com os relatos, ele falava que iria se matar. No entanto, os policiais conversaram com o jovem que se acalmou. Por fim, ele foi preso e encaminhado à 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

AGRESSÃO AO EX-SOGRO

Na noite do feriado, a Polícia Militar atendeu uma ocorrência do mesmo tipo em Turvo. Segundo as informações da equipe, um homem de 37 anos agrediu o ex-sogro. O fato ocorreu por volta das 21h, no bairro BNH 1. No local, o idoso de 63 anos relatou que a filha de 33 anos está em processo de separação. No entanto, o ex-marido dela foi até a residência da família e jogou pedras em direção da casa, danificando os vidros e a grade.

Diante do ocorrido, o idoso tentou conversar com o ex-genro, que passou a agredi-lo, iniciando uma briga física. Com a situação, a família decidiu entrar em contato com a PM. Entretanto, quando a equipe chegou ao local, o homem já tinha fugido. Os policiais efetuaram patrulhamento e localizaram o homem.

As vítimas apresentaram interesse em representar contra ele. Por fim, a ex-mulher afirmou que ele a ameaçou, dizendo que faria “a família chorar” e que se fosse preso “iria sair e matá-la”. Por fim, ele foi preso e encaminhado à 14ª SDP em Guarapuava.

AMEAÇADA PELO MARIDO

A PM atendeu outra ocorrência de violência doméstica no fim da noite dessa segunda (7). Por volta das 22h50, os policiais foram acionados no bairro Conradinho. No local, uma mulher de 27 anos tinha sido agredida pelo marido de 31 anos. Conforme relatos à polícia, o homem a agrediu com socos e chutes, deixando ferimentos no rosto e na cabeça da mulher.

Além disso, ela informou que essa situação é rotineira e que teme pela própria segurança. Ela afirmou que o homem a ameaçou várias vezes. O marido dela já tinha fugido da residência quando os policiais chegaram. A equipe fez patrulhamento, mas não o encontrou. A equipe orientou a vítima sobre os procedimentos cabíveis.

AGRESSÃO APÓS PASSEIO

Já na madrugada desta terça (8), a polícia atendeu outra ocorrência em Guarapuava. O fato ocorreu no bairro Santana. De acordo com a PM, uma mulher de 34 anos relatou que o filho de 14 anos se exaltou com os familiares e passou a ofendê-los. Conforme a mulher, a família estava passeando no município.

Entretanto, quando estavam retornando para a cidade onde moram, foram abordados por uma equipe policial na BR-277. Desse modo, precisaram retornar a casa da mulher. No momento, o adolescente passou a ofender a família e ainda tentou agredir a própria mãe, a irmã e o cunhado. Por fim. eles não desejaram representar.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

LATROCÍNIO

Ossada de homem desaparecido desde maio é encontrada em Candói

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Assentamentos da Região recebem contratos de concessão de uso

METROPOLITANO

DER seleciona empresa para assumir duas linhas na Região

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com