Kit junino de comidas típicas vai ajudar a Felchak em Guarapuava

Com a interrupção das atividades presenciais, e cancelamento de contratos e paralisação de aulas, a Felchak Produções desativa o espaço em Guarapuava

Kit junino de comidas típicas vai ajudar Felchak Produções em Guarapuava (Foto: Felchak Produções)

Com a interrupção das atividades presenciais, o que inclui o cancelamento de contratos e paralisação de aulas devido à covid-19, a Felchak Produções precisou desativar o espaço de arte e entretenimento, que mantinha em Guarapuava.

De acordo com Nana Felchak, desde que a pandemia começou, a empresa tentou prever as consequências que ela traria. “Os eventos, as oficinas de teatro, dança e passarela, todos paralisaram. Tínhamos 80 alunos.  Pensamos por um momento que seria apenas uma fase, mas fomos sentindo que isso poderia nos afetar e afetar nossos artistas, parceiros, amigos a longo prazo. E de fato foi o que aconteceu. Na parte de eventos não foi diferente. Vários deles que já estavam agendados, foram cancelados. E tudo congelou, menos os custos da empresa”.

Mais de 80 alunos (Foto: Felchak Produções)

Conforme Nana, o valor do aluguel do espaço se somou às despesas de luz, água, telefone, internet, carro, custos administrativos. Porém, sem entrada de dinheiro, as dívidas foram aumentando. “Além da preocupação com os alunos, era também com artistas aqui da Região e os de fora, que nos relatavam as dificuldades que estavam passando pela falta de trabalho”.

Mutirão (Foto: Felchak Produções)

Entretanto, a criatividade e o talento tomaram a frente da situação. “Começamos a fazer alguns trabalhos alternativos, como lives, contações de histórias. Amigos incríveis fizeram a feijoada para que pudéssemos pagar parte desses custos. Outros amigos da arte e admiradores do nosso trabalho, também têm contribuído de toda forma para o zelo de nosso grupo neste momento. Isso é algo indescritível, somos muito agradecidos”.

KIT JUNINO REGADO À SOLIDARIEDADE

(Imagem: Felchak Produções)

Para contribuir com a Felchak, agora o ColetivoMovement está arrecadando ingredientes para comidas típicas juninas. A ideia é compor um kit junino que será vendido on-line. A arrecadação será entregue à Felchak para as despesas contraídas para a entrega do prédio onde o espaço funcionava.

De acordo com Nana Felchak, até esse processo de preparação para a entrega do espaço está sendo de maneira coletiva. “Estamos tirando adesivos, pintando paredes, agradecendo por tudo que vivemos lá, mudando de novo, com a ajuda de muita gente. Sempre unidos, com algumas perdas, mas correndo atrás de projetos ‘drive in’, dialogando com pessoas, criando soluções para o ‘novo normal’ e compreendendo o cenário social que a pandemia destacou nesse momento”.

A arte em sua plenitude (Foto: Felchak Produções)

Conforme Nana, o momento pede extrema reflexão e diz que logo a Felchak se reinventa. “Conscientes, olhando o outro de maneira mais sensível. Entendendo as desigualdades e desníveis em que estamos inseridos como ser social. Um momento triste, mas de aprendizado pra todos. Estamos esperançosos e nunca deixamos de acreditar, que poderia aprender e que passaríamos por isso para sairmos mais fortes. Mas sem minimizar a seriedade de um vírus muito devastador, que atinge principalmente aqueles que não tem como lutar contra ele”.

Para a artista, as cortinas de um teatro são gentis. “Usamos dessa analogia para termos a certeza de que agora podem estar fechadas, mas logo se abrirão novamente, não só pra nós, mas pra todos. Sobreviveremos”.

MOVEMENT

O Movement atuava dentro do espaço cultural, e  é também desenvolvido por artistas da própria Felchak Produções.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

QUE FRIO!

Temporal que afetou 70 cidades paranaenses trouxe frio intenso

TEMPOS DE DIFICULDADE

Governador fala sobre dificuldades que o Paraná enfrentou nesta semana

AUXÍLIO

Prazo para pedir auxílio emergencial termina hoje (2)

Comentários