Madeireira é interditada após funcionário perder o dedo trabalhando

Um adolescente que também estava trabalhando na madeireira, porém de forma irregular, também sofreu uma fratura. A empresa já tinha sido interditada antes

Outro adolescente que estava trabalhando de forma irregular na madeireira, também sofreu uma fratura (Foto: Ascom/Polícia Rodoviária Federal)

*Reportagem com vídeo

Na manhã desta quinta (30) a Polícia Rodoviária Federal e fiscais de Bituruna trabalharam em parceria para interditar uma madeireira do município. De acordo com a PRF, a empresa já tinha sido interditada anteriormente pela equipe da vigilância sanitária, mas o proprietário descumpriu a ordem e continuou atuando com a produção. Além disso, ele não fez as adequações solicitadas para melhorar a situação sanitária e de segurança dos funcionários.

Ainda conforme a PRF, na mesma madeireira, neste mês, um adolescente que estava trabalhando de forma irregular, acabou sofrendo uma fratura e outro funcionário teve um dedo amputado em uma das máquinas. Desse modo, reafirmou a informação que a situação precária de trabalho continua, afetando os trabalhadores que não recebem equipamentos de proteção. Outro ponto é a falta de sistema de proteção das próprias máquinas utilizadas.

(Foto: Ascom/Polícia Rodoviária Federal)

A Polícia informou que o proprietário da madeireira foi contatado, mas se recusou a comparecer no local, sendo representado pelo gerente. No período da tarde, após a conclusão da interdição e deslocamento da PRF, o proprietário da empresa interditada foi até a prefeitura, desacatou e ameaçou o fiscal responsável pela interdição. Por fim, foi lavrado boletim de ocorrência na Polícia Civil pelo desacato e ameaça.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

APREENSÕES DE ARMAS

PM apreende cinco armas e munições em municípios da Região

LESÃO CORPORAL

Morador é ferido com golpe de faca pelo cunhado em Guarapuava

ACIDENTE GRAVE

10 pessoas morrem e cerca de 35 ficam feridas em acidente na BR-277

Comentários