Morte de médico que atuava em Candói comove a comunidade

Paulo Roberto Schmitt lutava contra um câncer

(Foto: Reprodução)

O prefeito de Candói, Gelson Costa (PTB), decretou luto oficial de três dias pela morte do médico clínico geral Paulo Roberto Schimitt, que integrava o quadro de servidores do município. Na macrorregião de Guarapuava, Paulo já havia atuado como servidor na 5ª Regional de Saúde.

Segundo a assessoria da Prefeitura, Paulo lutava contra um câncer e acabou não resistindo. O corpo do médico foi velado na Câmara Municipal de Cantagalo e trasladado para o Rio Grande do Sul, seu estado de origem.

Nas redes sociais, o clima é de comoção pela morte do médico.

“Ele era muito atencioso com os pacientes. Tinha um carinho especial, sempre sorridente. Vai fazer falta”, disse uma candoiana no Facebook.

Relacionadas

CASA PRÓPRIA

Projeto do Estado vai construir 34 novas casas em Rio Azul

CONTENDO CHAMAS

Família perde bens em incêndio que atingiu três casas em Palmital

DISPAROS

Homem de 40 anos sofre tentativa de homicídio em Laranjal

Comentários