Mulher é agredida por ex-marido e desiste de representar contra agressor

A mulher levou um tapa na cara do ex-marido. A agressão resultou em danos nos óculos da vítima. Na delegacia, ela desistiu da representação criminal

Mulher é agredida por ex-marido e desiste de representar contra agressor (Foto: Reprodução/Pixabay)

Uma mulher que não teve a idade informada pela polícia, foi agredida pelo ex-marido em Rio Bonito do Iguaçu nessa terça (18). Conforme relato da vítima aos policiais, após uma discussão com o ex-marido, o agressor a chamou de vagabunda. Após a agressão verbal, a mulher disse que ficou exaltada e empurrou o ex-marido.

De acordo com o relato, o homem deu um tapa na cara dela, danificando seus óculos. Assim, a vítima procurou ajuda policial e informou que tinha interesse em representar contra o ex-marido. O denunciado foi até a polícia acompanhado da mãe. A vítima e o denunciado foram encaminhados para a 2ª SDP.

Após a confecção de laudo de lesões corporais, a mulher informou ao policial plantonista que não desejava mais representar criminalmente contra o ex-marido. Ela foi informada que tem um prazo e que poderá fazer a representação posteriormente, caso mude de ideia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CONTRA O CRIME

Choque prende três pessoas por tráfico de drogas em Pitanga

TRABALHO POLICIAL

Dois rapazes são presos após tentar fugir da PM em Pinhão

VIOLÊNCIA

Mulher é encontrada morta em via pública em LS

Comentários