Mulher é presa após arrancar a roupa e ameaçar policiais em Pinhão

A mulher arrancou a roupa e disse que acusaria a equipe policial de estupro. Ela foi presa e uma adolescente apreendida após a ocorrência

A mulher falou que acusaria os policiais de estupro (Foto: Arquivo/RSN)

Uma mulher foi presa e uma adolescente apreendida no fim da tarde desta terça (23) em Pinhão. Ao receber voz de prisão, a mulher arrancou a roupa, mordeu a mão de um dos policiais e afirmou que acusaria a equipe de estupro.

De acordo com a polícia, a ocorrência foi registrada na invasão Bitur, enquanto a equipe dava continuidade a uma outra situação. Desse modo, quando os policiais desceram da viatura, a mulher e a adolescente começaram a gritar:

O que estão fazendo aqui, vão procurar e prender bandidos, e por isso que os policiais estão morrendo, PM pra mim são todos drogados e ladrões, tem que morrer, pena que só morre no Rio de Janeiro e São Paulo, já passou da hora de isso começar aqui no Pinhão.

Assim, a equipe deu voz de prisão para a mulher e apreensão para a adolescente. Ainda conforme o relato da polícia, a mulher se segurou em um pilar de concreto e afirmou que ninguém a levaria presa. Além disso, enquanto a equipe de apoio estava em deslocamento, a mulher se jogou no chão e começou a se debater contra objetos.

Depois disso, levantou e novamente se dirigindo aos policiais perguntou: “Vocês me agrediram, não querem me matar?”. A PM explicou, entretanto, que foi tentado algemar a mulher, uma vez que ela estava agressiva e mordeu a mão de um dos policiais, que estaria sangrando.

Ainda conforme a polícia, a mulher não cessou as ameaças contra a equipe. Ela afirmou que “se for o problema, eu posso fazer sair sangue do meu também”. E perguntou: “Querem que eu tire minha roupa também?”. Depois disso, ela tirou a camiseta e o sutiã na frente da equipe policial, falando:

Vou dizer que vocês tiraram minha roupa, e quer saber de uma coisa, te acuso de estupro, faço relação com meu namorado e falo que fiz com vocês.

Os policiais insistiram para que a mulher vestisse a roupa. Enquanto se vestia, ela disse “o prefeito é nosso amigo, vou falar diretamente com ele pra tirar vocês dois do Pinhão. De preferência expulsar vocês da polícia, porque o prefeito manda nesses Juizinho do Pinhão e nosso advogado vai falar no fórum. Nós temos voz nesse fórum”. A hora que o prefeito quiser mandar no juiz ele manda”.

A equipe de apoio chegou ao local, e fez revista pessoal na mulher e na adolescente. Nada de ilícito foi encontrado. As duas foram encaminhadas para a delegacia de Pinhão para os procedimentos cabíveis.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SAÚDE

Municípios da 5ª Regional ainda tem casos de sarampo em investigação

PRUDENTÓPOLIS

Prudentópolis recebe obras e equipamentos com apoio de Ademar Traiano

COVID-19

Prudentópolis tem a primeira morte de paciente com covid-19

Comentários