Números estáveis exigem que o isolamento social continue, diz Goes

Segundo Goes, são 120 casos monitorados, outros 76 descartados, 107 liberados, quatro sendo investigados. Caso confirmado permanece apenas um

 Celso Goes atualiza as ações para o combate do novo coronavírus (Foto: Reprodução/Facebook)

A Secretaria Municipal de Saúde mostra, mais uma vez, que os números do coronavírus em Guarapuava continuam estáveis, segundo o secretário Celso Goes. Agora são 120 casos monitorados, outros 76 descartados, 107 liberados, quatro sendo investigados. Caso confirmado permanece apenas um.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Celso Goes, isso não significa que as pessoas podem deixar a preocupação de lado. “Pelo contrário, só estamos estáveis por causa do isolamento social e das medidas preventivas que estamos tomando. Por isso, continuo pedindo: fiquem em casa e só saiam em casos de extrema necessidade”.

Prefeito Cesar Silvestri Filho (Foto: Secom/Prefeitura)

O pedido feito pelo secretário é corroborado pelo comitê técnico da área de saúde. De acordo com o prefeito Cesar Silvestri Filho, essa equipe é composta por profissionais de diferentes especialidades para orientar decisões com base técnica e científica sobre o coronavírus.

Conforme o prefeito, o comitê se reuniu nesta segunda (13) e chamou a atenção, principalmente, para a utilização de máscaras. “Algumas pessoas ainda estão saindo às ruas sem usar a máscara, o que prejudica não só ela, mas toda a sociedade. Precisamos ampliar o uso, a população precisa entender que é uma recomendação fundamental para continuarmos reduzindo a velocidade de propagação da doença aqui em Guarapuava”.

álcool gel nas carrinhos de supermercado também é prioridade (Foto: arquivo/RSN)

APELO

Outro apelo que vem sendo feito é para que o consumidor auxilie na fiscalização do comércio, exigindo álcool gel; cobrando o distanciamento; observando ser os funcionários estão usando máscaras e evitando aglomerações.

Conforme disse o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta nesta segunda (13), maio e junho serão os meses mais difíceis no enfrentamento ao coronavírus no país.

Outra discussão da equipe envolve o pedido de empresários e religiosos  sobre a reabertura de academias e cultos/missas.  Segundo o prefeito, o Comitê irá elaborar um documento com as regras de distanciamento social e especificamente nesses ambientes destacados. A publicação do documento será ainda nesta semana.

ESTRUTURA

Para fazer frente ao possível avanço do coronavírus, o secretário municipal de Saúde amplia o quadro de funcionários. Nesta segunda 913), foi aberto chamamento público para a contratação temporária de médicos, profissionais de enfermagem com nível superior e técnico.

Além disso foram comprados 12 monitores paramédicos para as unidades de pronto atendimento e hospitais da cidade. Há também o edital para 500 pessoas atuarem com o cadastro da saúde no município.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVOS CASOS

Saúde confirma dois novos casos de covid-19 em Guarapuava

RIQUEZA DO CAMPO

Produção de cevada pode crescer 11% este ano no Paraná

CALORÃO EM GUARAPUAVA

Altas temperaturas marcam o 1º fim de semana da Primavera

Comentários