Operação prende acusado de duplo homicídio em LS

Uma operação prendeu três homens por porte ilegal de armas. Além disso, apreendeu três espingardas, uma pistola e 100 gramas de maconha

Operação prende acusado de duplo homicídio em LS (Foto: Ascom/Polícia Civil)

Uma operação conjunta nesta quarta (4) prendeu um foragido acusado de cometer duplo homicídio na zona rural de Passo Liso em Laranjeiras do Sul. Além disso, os policiais também prenderam um homem que dava suporte para o autor do crime.

De acordo com as informações da PC, o autor do crime andava armado e traficava drogas. O foragido estava escondido em uma mata nas proximidades de Passo Liso. Ao chegarem no local, os policiais surpreenderam as pessoas que estavam na casa. Conforme a PC, a equipe apreendeu três espingardas, uma pistola e 100 gramas de maconha.

Desse modo, a polícia prendeu um homem por tráfico de drogas e porte ilegal de armas. Os policiais também prenderam duas pessoas por porte ilegal de arma. O autor do duplo homicídio também portava uma arma ilegalmente.

A operação contou com a Polícia Civil (Grupo de Diligências Especiais), Polícia Militar (Rádio Patrulha) e Polícia Penal de Laranjeiras do Sul.

DUPLO HOMICÍDIO

Dois homens encapuzados invadiram uma casa atirando e mataram duas pessoas e feriram outras duas na madrugada no dia 2 de outubro em Laranjeiras do Sul. De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência de homicídio qualificado e lesão corporal grave ocorreu por volta das 2h04. Assim, equipes policiais se deslocaram até a rua Pintado, no bairro Presidente Vargas para prestar atendimento a uma ocorrência de disparo de arma de fogo.

No endereço, a PM encontrou o Siate atendendo uma adolescente de 15 anos na rua. Ela tinha várias lesões no tórax e abdômen causadas por tiros. Na frente da casa, um homem de 34 anos estava ferido com tiro no rosto. Os familiares dele o encaminharam para o Hospital São José. Ainda conforme a PM, dentro da casa havia dois homens de 20 e 40 anos mortos a tiros.

A Polícia Militar isolou o local e acionou os órgãos competentes como IML e Polícia Civil. No hospital, o homem relatou aos policiais que dois homens encapuzados entraram na casa, perguntaram por um homem e começaram a atirar. De acordo com a vítima, ele reconheceu um dos atiradores de 19 anos.

Por fim, a polícia fez patrulhamento, mas não localizou o denunciado. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava. Um deles já foi identificado. Trata-se de Irineu Dias. O outro ainda não foi identificado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA

Pinhão registra duas mortes por covid-19 em menos de 24 horas

ROUBO

Ladrões rendem comerciante e fazem ameaça de morte em Santa Maria

REINCIDENTE

Adolescente de 15 anos foge da casa de acolhimento em Pitanga

Comentários