Pessuti mente e nega conta de celular em que gastou R$ 5 mil em seis dias

Curitiba – O vice-governador, Orlando Pessuti, pré-candidato ao governo do estado pelo PMDB, negou ontem (7), por meio de sua assessoria, a existência de uma conta de celular no valor de R$ 5.096,30, gastos durante viagem a Nassau, nas Bahamas, em junho do ano passado. Durante viagem de seis dias, Pessuti assistiu, a convite da Fifa, a solenidade de divulgação das sub-sedes da Copa de 2014, que ocorrerá no Brasil.
Contudo, informações divulgadas no site Gestão do Dinheiro Público (www.gestadodinheiropublico.pr.gov.br), gerenciado pelo próprio governo do estado, desmentem o vice-governador. Na descrição de gastos contida no Sistema Integrado de Acompanhamento Financeiro (SIAF), consta o valor total dos gastos com celular e também a informação de que o dinheiro foi ressarcido a Pessuti pelos cofres públicos.
Para efeitos de comparação, o gabinete do Professor Galdino fez um levantamento dos custos com celular de três órgãos do governo: Casa Civil, Casa Militar e Governadoria. Constatou que a média mensal consumida é de R$ 14 mil. Ou seja, Pessuti gastou em seis dias mais de um terço do que um conjunto de funcionários de três órgãos consome em um mês.
A assessoria do vice-governador disse ainda ter informado ao Professor Galdino do “equívoco” que cometia em sua denúncia. A informação não procede. Nem o vereador, nem os assessores de seus gabinetes foram procurados por qualquer assessor do vice-governador.
Abaixo, o link contendo o Extrato Individualizado de Pagamento do SIAF, emitido em 6 de outubro de 2009 e uma cópia fotográfica do documento.
http://www.gestaodinheiropublico.pr.gov.br/Gestao/gastos/ConsultaPagamentos_Detalhes_Resp.jsp?Num=110000009024451&Ordem=88

Relacionadas

NOVO PRESIDENTE

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

VACINAÇÃO

5ª Regional de Saúde terá 5.920 doses de vacina para 20 municípios

INÍCIO DE MANDADO

Primeira sessão ordinária da Câmara ainda não tem dia definido

Comentários