PM encerra festa com gritaria e som alto em Laranjeiras do Sul

Gritos, algazarras e cantorias podiam ser ouvidos a uma distância de mais de 50 metros. O dono da casa disse que comemorava um aniversário

PM encerra festa com gritaria e som alto em Laranjeiras do Sul (Foto: Reprodução/Pixabay)

A cada dia que passa, aumentam os abusos relacionados à prevenção da covid-19. Os relatos surgem de todos os lados, de todos os bairros, de todas as cidades. O que antes era exceção, virou regra. As pessoas esqueceram que a pandemia não acabou e que ainda não existe vacina para a doença. Esqueceram o uso de máscara e alguns cuidados básicos, como não promover festas e aglomerações.

O desrespeito com o próximo ocorre em todos os espaços, públicos e privados. E até mesmo dentro das casas. Assim, no fim da noite dessa terça (13), a Polícia Militar recebeu inúmeras ligações de que estaria ocorrendo uma festa com gritaria no bairro Presidente Vargas em Laranjeiras do Sul. Por volta das 23h40, a equipe se deslocou até a rua Sargento João do Nascimento Lopes, e confirmou as denúncias.

Conforme a PM, os gritos, as algazarras, as cantorias e o som de violão podiam ser ouvidos a uma distância de mais de 50 metros. Desta forma, em abordagem, os policiais identificaram o proprietário da residência de 31 anos. Aos policiais ele relatou que estava comemorando um aniversário. Contudo, a PM identificou também um outro homem de 36 anos, dono do violão usado na cantoria. Por fim, a polícia encaminhou os dois para a 2ª Cia para a lavratura do termo circunstanciado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

AGRONEGÓCIO EM ALTA

Valor do bruto da produção agrícola de Guarapuava supera R$ 1 bi

BALANÇO DA OPERAÇÃO

'Bate Grade' na cadeia de LS apreende sete celulares e 16 facas

PANDEMIA

Laranjal tem o primeiro paciente infectado com covid-19

Comentários