PM registra três casos de ameaça e violência doméstica na Região

Os casos de violência foram registrados em Turvo, Irati e Laranjeiras do Sul e envolveu dois maridos e um ex-convivente das vítimas

PM registra três casos de ameaça e violência doméstica na Região (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar registrou três casos de ameaça, lesão corporal e violência doméstica nas últimas horas na Região de Guarapuava. O primeiro foi em Turvo. De acordo com a PM, por volta das 20h30 uma mulher compareceu ao destacamento policial com seu irmão.

Aos policiais ela relatou que os dois foram até um bar buscar o marido que estava embriagado e agressivo. De acordo com o irmão da mulher, a irmã e o cunhado foram deixados em casa por ele. Porém após discussões, o cunhado começou a ameaçá-la de morte e o filho também.

O homem embriagado pegou uma faca na cozinha e correu atrás da mulher, que conseguiu se esconder do lado de fora da residência. A vítima ligou novamente para o irmão, pedindo ajuda. Ainda de acordo com a PM, o agressor começou a enviar mensagens no celular do cunhado, fazendo ameaças de morte com arma de fogo.

Diante do interesse em representação por parte das vitimas, a equipe deslocou até o endereço. O agressor foi levado com a faca para a 14ª SDP.

IRATI

Em Irati, a Polícia Militar atendeu mais um caso envolvendo ameaça e violência doméstica. Às 22h a equipe foi até a rua Otacilia Andrade Bielich, no bairro Virgínia, onde a moradora informou que o marido tinha ingerido bebida alcoólica e se desentendeu com ele.

Após o desentendimento, o marido agrediu a mulher com socos na cabeça e tapas pelo corpo. O agressor ainda disse que não a mataria, porque o filho do casal estava junto. A polícia constatou lesões nos braços da vítima. Ela e o agressor foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.

LARANJEIRAS DO SUL

E em Laranjeiras do Sul, uma mulher de 25 anos informou por volta das 23h20 que seu ex-marido de 22 anos, está ameaçando atear fogo na casa dela. A mulher informou também que possui medida protetiva contra ele.

De acordo com relato feito aos policiais, a mulher estava na rua Marechal Cândido Rondon, no Centro e que o ex-marido a surpreendeu pelas costas. Conforme a mulher, o agressor deu um tapa no rosto dela e levou o celular, fugindo em seguida. O homem não foi encontrado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CONTRA O CRIME

PRF apreende maconha, pistola, munição, celulares e relógios no Paraná

COMBATE AO TRÁFICO

PM fecha 'Boca de fumo' comandada por presos em Pitanga

COMIDA NO PRATO

Cestas de alimentos beneficiam 1200 pessoas em Rio Bonito do Iguaçu

Comentários