Polícia Militar apreende oito armas em duas ocorrências em Pinhão

A maior apreensão ocorreu na Localidade Bom Retiro, interior de Pinhão, após uma mulher denunciar que estaria sendo ameaçada pelo ex-marido

Polícia Militar apreende oito armas em duas ocorrências em Pinhão (Foto: Ascom/Polícia Militar)

Uma denúncia do serviço reservado da Polícia Militar de União da Vitória nessa segunda (11) à tarde, levou a PM a fazer uma grande apreensão de armas em Pinhão. Assim, por volta das 14h, os policiais receberam a denúncia de uma mulher, e que envolvia arma de fogo e ameaça na divisa dos municípios de Pinhão e Cruz Machado.

A mulher relatou que o ex-marido de 30 anos, estaria a ameaçando e que já tinha feito boletim de ocorrência anteriormente por causa das ameaças. Mas segundo a mulher, o ex-marido não tinha parado com as ameaças de morte. Além disso, a vítima disse que temia pela vida, já que o ex-marido estaria de posse de três armas de fogo (um revólver, uma garrucha e uma espingarda) na propriedade rural que reside atualmente com o pai de 70 anos.

Os policiais foram até a propriedade que fica na Localidade Bom Retiro, próximo ao Rio Turvo. Os policiais foram recebidos pelo pai do agressor. O homem disse que o filho tinha fugido para Santa Catarina, porque estaria encontrando problemas com a justiça.

Durante buscas, os policiais encontraram um revólver calibre 38 special, capacidade para seis tiros, marca Smith & Wesson, um revólver marca Taurus calibre 32, seis tiros. Os dois estavam carregados e prontos para o uso.

Conforme a PM, cada revólver tinha uma munição deflagrada e o revólver Taurus estava com quatro munições intactas. Além disso, uma garrucha calibre 22, marca Rossi carregada, uma espingarda marca Rossi, calibre 32, uma espingarda de marca não aparente calibre 28 e outra de marca não aparente, calibre 32. As armas foram apreendidas. Devido a idade o pai do procurado, e ao fato das denúncias serem contra o filho dele, o homem não foi preso, apenas informado quanto aos procedimentos.

OUTRA APREENSÃO

Por volta das 17h, um homem de 67 anos foi até o 4º Pelotão da PM e informou que tinha feito um boletim de ocorrência em data anterior, já que algumas pessoas estariam portando armas de fogo na propriedade dele.

Ainda conforme relato da vítima, essas pessoas efetuaram furtos e ameaças contra ele. Conforme o homem, eram um homem e uma mulher de 63 anos. O casal estava com espingardas era conhecido na Localidade, pois ambos já teriam respondido criminalmente por homicídio e eram acostumados a ameaçar a população local.

Os policiais foram até a propriedade com a vítima, e na casa da mulher os dois denunciados foram localizados. Durante abordagem, a mulher respondeu que tinha uma arma para se defender, mas disse o armamento não era registrado.

No local foi localizada uma espingarda de marca Rossi, calibre 36 carregada e pronta para o uso e três munições calibre 36. A mulher foi presa e levada para a delegacia de Pinhão para os procedimentos cabíveis. O homem abordado no local foi liberado, já que contra ele nada de ilícito foi encontrado no momento da abordagem.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

VIOLÊNCIA

Defesa de adolescente que matou Louise diz que foi legítima defesa

SOLIDARIEDADE

Recuperados da covid-19 poderão ajudar pacientes em Irati

MUITOS FURTOS

Nas últimas 24h, PM registra quatro furtos em Guarapuava e Região

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com