Polícia Militar atende cinco registros de lesão corporal em Irati

Dois casos de lesão corporal ocorreram no ginásio municipal de esportes. No bairro Camacuã, uma briga de vizinhos terminou com soco até em criança de colo

Polícia Militar atende cinco registros de lesão corporal em Irati (Foto: Arquivo/RSN)

Policiais Militares de Irati atenderam cinco casos de lesão corporal e violência doméstica nesse sábado (18). Dois ocorreram no ginásio municipal de esportes, durante jogos de futsal.

GINÁSIO MUNICIPAL DE ESPORTES

Assim, conforme a PM, por volta das 10h40, a equipe foi até o ginásio. Uma atleta relatou aos policiais que o pai do filho dela, foi até o ginásio e queria falar com ela. Entretanto, conforme a vítima, o jogo ia começar e a atleta disse que não poderia falar com o agressor naquele momento.

O homem então puxou a mulher pelo braço, quando outras pessoas que estavam no local interviram, impedindo mais agressões. O acusado fugiu do local antes da chegada dos policiais.

O segundo caso de lesão corporal também ocorreu no ginásio municipal de esportes de Irati. Conforme a polícia, uma mulher foi até a sede da 8ª CIPM e relatou que estava em um evento esportivo no local.

Conforme relato feto aos policiais, em um determinado momento, uma outra mulher se aproximou da vítima e sem motivo aparente, a agrediu com tapas no rosto. Além disso, a agressora apertou o braço da vítima e ainda deu uma joelhada em sua perna, causando escoriações. A agressora fugiu.

CAMACUÃ

A PM atendeu por volta das 19h02 a um caso de briga de vizinhos no bairro Camacuã. De acordo com o relato da vítima, o morador disse que estava no quintal de sua casa. E que durante a discussão, em determinado momento, o vizinho abriu o portão, entrou no quintal e o agrediu com socos.

A vítima disse aos policiais que estava com o filho no colo e que um dos golpes acabou atingindo o filho. Os envolvidos foram encaminhados até o pronto socorro municipal para elaboração do laudo de lesões corporais. Em seguida foram levados para a 41ª DRP. Conforme a polícia, o menor recebeu atendimento médico e foi acompanhada pelo conselho tutelar.

O quarto caso de lesão corporal e violência doméstica ocorreu às 19h05. De acordo com a PM, uma mulher informou que o pai estava embriagado em casa tentando agredir a mãe. No local, a vítima, disse aos policiais que o marido estava alcoolizado e a ameaçou de morte. Disse também que as ameaças são frequentes. O agressor fugiu.

VILA SÃO JOÃO

E o quinto registro foi às 23h20 na Vila São João. No endereço, a moradora afirmou que havia sido agredida por dois homens desconhecidos. Conforme a vítima, um deles estava armado com uma faca e a feriu no braço.

A mulher foi levada pelos bombeiros para atendimento médico. Os agressores não foram encontrados.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

IMPRESSIONANTE

Temporal causa destruição em Rio Bonito do Iguaçu

CONTRA O CRIME

Choque prende três pessoas por tráfico de drogas em Pitanga

TRABALHO POLICIAL

Dois rapazes são presos após tentar fugir da PM em Pinhão

Comentários