PT e MDB organizam comitê paritário em Guarapuava

Confira essa e outras informações dos bastidores que movimentam o PT e o MDB durante a pré-campanha em Guarapuava

PT e MDB organizam comitê paritário em Guarapuava – João e Dr. Antenor (Foto: Sabrina Ferrari/RSN)

Um comitê paritário está sendo organizado entre o PT e o MDB, em Guarapuava. De acordo com o candidato a vice-prefeito João Nieckars (MDB), ele e o Dr. Antenor (PT) e outros dois representantes dos partidos integram o comitê.

Dessa forma, enquanto aguardam, a convenção do PT, no domingo (13), para homologar a ‘dobradinha’, Dr. Antenor x João, a movimentação está agitada nos bastidores. Assim, o corre-corre atrás de profissionais que farão os programas de rádio e televisão, é uma pauta do dia-a-dia. “Nosso plano de governo está sendo debatido com toda a sociedade. Estamos recebendo muitas sugestões”. Conforme Dr. Antenor, a chapa de vereadores será uma das mais fortes da história. “São lideranças qualificadas, preparadas e de vários segmentos”.

RACIONALIDADE

Com o discurso afiado e na ‘ponta da língua’, João Nieckars não vacila quando o tema é a composição entre o PT e o MDB. “A ideia inicial era uma candidatura própria, mas a realidade nos impõe um pensamento macro em prol de Guarapuava. Além disso, política não se faz sozinho. E é preciso trazer a discussão para o campo da racionalidade”.

APROXIMAÇÃO COMEÇOU EM CASCAVEL

A aproximação entre Dr. Antenor e João Nieckars começou no debate na Tevê Taroba em cascavel, nas últimas eleições municipais. “Era a minha vez num debate. Fui o primeiro a chegar e tremia feito vara verde. Aí chegou o Dr. Antenor e eu contei que estava nervoso. Ele me disse: ‘não se preocupe que agora chegou um médico’. A nossa amizade começou ali e agora estamos juntos nesta empreitada”.

É HISTÓRICO

A união entre o PT e o MDB em Guarapuava já se torna histórica. Nas três últimas eleições municipais os dois partidos estiveram juntos. É só relembrar que o ex-diretor da Sanepar regional, Evandro Dalmolin ocupou a vaga de vice na chapa liderada por Dr. Antenor. Essa composição marcou o Grupo Mattos Leão e o PT juntos numa disputa eleitoral. Já no pleito seguinte, houve a composição com Cleto Tamanini na vice do Dr. Antenor. Porém, uma decisão nacional do então PMDB impediu a coligação entre os dois partidos. Entretanto, neste ano, as duas siglas voltam a se entrelaçar.

UM PÉ DENTRO

Durante um bom tempo de conversa no Portal RSN nesta sexta (4), houve um momento de nostalgia. Entre peculiaridades e fatos pitorescos de antigas campanhas eleitorais, surgiu um fato. O pré-candidato a prefeito Vitor Hugo Burko (DEM) já foi candidato a vice-governador numa do PT. Ele ‘dobrou’ com o senador Flavio Arns, então candidato pelo PT.

QUER ENTRAR

Aliás, fontes extras aos pré-candidatos, informam esta coluna, que o assédio de outros partidos em volta do solo petista está sendo grande. Um deles que insiste na conversa é o Solidariedade, do Gilson da Ambulância.

NA MIRA

Os petistas buscam ‘costuras’ com siglas afins. É o caso do PC do B, dos professores Fracis Silveira e Cerize Gomes. Além do PDT do ex-petista, vereador Professor Serjã e Rede Solidariedade da podóloga Rozelia.

 

 

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

LIDERANÇA

Virada em Ponta Grossa confirma a força de Ratinho Junior

Ainda sobre o egoísmo!

Setor de eventos divulga 'nota de esclarecimento'

Comentários