Quilombola é assassinado no Paiol de Telha em Reserva do Iguaçu

O quilombola Charles de Jesus Soares perdeu a vida porque devia R$ 300 ao autor da sua morte, conforme contou um primo da vítima

Charles de Jesus Soares foi assassinado na manhã deste sábado (1) no Paiol de Telha – Fundão no município de Reserva do Iguaçu.

De acordo com informações de familiares, ele estava em casa quando um homem chegou, bateu e o chamou pelo nome. Ao sair ele foi alvejado por vários disparos de revólver.

Charles chegou a ser levado para o Hospital Santa Clara em Candói, porém, não resistiu. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava o corpo deu entrada às 1h17.

Conforme informações de primos de Charles, a mãe da vítima contou que o autor dos disparos foi um membro da própria comunidade. “Meu primo devia R$ 300 para ele [autor dos disparos] e estava sendo cobrado. Porém, hoje esse cara chegou com uma espingarda. Minha tia chegou a segurar o cano, mas ele atirou assim mesmo matou o Charles”.

Por volta das 16h22 deste sábado, o corpo encontrava-se no IML onde estava passando por necrópsia. Ainda não há informações sobre o horário e o local do velório. Ele deixa esposa e dois filhos pequenos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

Relacionadas

GRAVE ACIDENTE

Duas pessoas morreram e quatro ficaram gravemente feridas em acidente

INDIGNAÇÃO

Em Candói, manifestantes pedem prisão para agressores de animais

COLHEITA FARTA

Produtor de cevada comemora colheita, qualidade e preço

Comentários