Reunião define perfil do Hospital Regional em Guarapuava

Hospital será referência em urgência emergência com perfil assistencial para ortopedia e trauma, cirurgia geral e clínica médica

Participantes da reunião na 5ª Regional de Saúde (Foto: Sesa)

O Hospital Regional de Guarapuava já está com 87,56% das obras concluídas. Sendo referência para Urgência e Emergência, a unidade terá seu perfil assistencial direcionado para ortopedia e trauma. Além do atendimento em cirurgia geral e clínica médica.

A definição sobre as áreas que vão compor o perfil do Hospital Regional foi tomada em reunião na sede da 5ª Regional de Saúde de Guarapuava. Foi no dia 28 de junho, com o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria da Saúde do Paraná, Vinícius Filipak; Secretaria Municipal de Saúde de Guarapuava, Conselho Municipal de Saúde. Participaram também a ACIG, Unicentro, Centro Universitário Campo Real. Além de secretários municipais de saúde das cidades da região.

Segundo Filipak, a referência também será macrorregional. Já para um dos coordenadores do curso de medicina na Campo Real, Anderson Fadel, o hospital também será fundamental para ampliar os campos de pesquisas.

O HOSPITAL

O Hospital Regional do Centro-Oeste Bernardo Ribas Carli tem uma área total de 16 mil metros quadrados. Serão cinco centros cirúrgicos, ambulatório, pronto atendimento e centro de imagens. Além de 150 leitos, dos quais 30 de UTI adulto e 10 de UTI infantil. Os demais leitos atenderão outras especialidades.

Segundo a chefe da 5ª Regional de Saúde, Eliane Harmuch, o HR deverá entrar em funcionamento em 2020. “Enquanto as obras estão sendo concluídas, equipamentos e mobiliário estão sendo licitados”, disse ao Portal RSN nesta terça (2).

Relacionadas

NOVA GESTÃO

"Vou oxigenar o primeiro escalão", diz Celso Goes

QUAL TESTE DEVO FAZER?

Administração de Guarapuava orienta como e quando fazer testes da covid-19

MELHORIA NO ATENDIMENTO

Para vender mais é preciso ter atitude, diz palestrante

Comentários