Reunião entre suplentes e Silvestri discute PEC dos Vereadores

Guarapuava – A PEC (Proposta de Emenda a constituição) dos Vereadores foi tema de reunião realizada na noite de quinta-feira, na sala de reuniões do diretório municipal do PPS. Estiveram presentes, o deputado federal Cezar Silvestri, o presidente do diretório municipal do PPS, Cesar Silvestri Filho e suplentes de vereadores de Guarapuava e outras cidades da região. O encontro foi organizado por Edony Kluber, suplente de vereador do PSC, para que Silvestri pudesse repassar seu posicionamento como deputado federal e também orientar sobre as medidas que podem tomar para agilizar a votação da PEC na Câmara.
A reunião acontece dias depois que o plenário do Senado aprovou emenda à Constituição que reduz o porcentual de repasse de recursos para as câmaras municipais. A medida abre caminho para a promulgação da emenda constitucional que aumenta em 7.343 o número de vereadores em todo o País, pois agora as matérias podem ser votadas juntas na Câmara e, se aprovadas, há possibilidade de entrarem em vigor ainda esse ano.
Na opinião do deputado federal, a medida deverá ser aprovada na Câmara, pois reduz os gastos com o poder legislativo dos municípios e aumenta a representatividade. “Vejo que todos os partidos estão propensos a aprovar a PEC, mas é preciso, fazer um trabalho com os líderes de bancada, para que o assunto seja colocado na pauta de votações”, orientou frisando que o ideal seria que a matéria fosse votada em plenário antes do recesso de julho. “A preocupação é fazer com que a matéria entre na pauta. Me comprometo a articular junto aos lideres de bancada para que a PEC seja colocada na pauta, agora, vocês, vereadores suplentes, podem entrar em contato com os deputados federais que conhecem e pedir a mesma coisa, assim é possível pressionar os líderes para que seja votada antes do recesso”, orientou.
O presidente do PPS, Cesar Silvestri Filho, reiterou a orientação do parlamentar. “A atenção tem que ser voltada para os líderes, por que são eles, junto com o presidente da casa, que definem a pauta de votações, por isso é importante que eles sejam sensibilizados e que agilizem a votação da matéria”, enfatizou.
Se for aprovada e entrar em vigor, a Câmara Municipal de Guarapuava, passará dos atuais 12 vereadores para 21. De acordo com Edony Kluber, suplente de vereador do PSC, a reunião foi importante para que os suplentes possam se organizar e saber quais medidas tomar para agilizar a votação. “É extremamente importante ouvir o posicionamento do Deputado Cezar Silvestri, por que ele é a nossa voz La em Brasília e tem subsídios para nos orientar sobre que medidas tomar”, concluiu.

Relacionadas

COMO ASSIM?

Bolsonaro sanciona lei que obriga uso de máscaras em locais públicos

ELEIÇÕES

Jerônimo confirma pré-candidatura à reeleição em Turvo

CAMUFLAGEM

Senadoras pedem revisão de portaria sobre feminicídio

Comentários