Revitalização da ‘Manoel Ribas’ chega ao trevo principal de Guarapuava

Recape já contempla a maior parte da 'Manoel Ribas'. Obra no trecho entre o chafariz e o Parque das Crianças começará em breve

Revitalização da ‘Manoel Ribas’ chega ao trevo principal de Guarapuava (Foto: Junior Guimarães/RSN)

A partir da noite desta quarta (9) as obras da avenida Manoel Ribas entram na fase conclusiva. Após o recape asfáltico entre o Parque das Crianças e o trevo principal de Guarapuava, agora chegou a vez da sinalização vertical. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, cerca de 33 mil metros de recape entre a rua São Paulo até o trevo compõem o projeto em conclusão.

Entretanto, a primeira parte da recuperação asfáltica, já está pronta. Compreende a partir do Chafariz da XV de Novembro até o Parque de Exposições Lacerda Werneck. Todavia, após a conclusão de parte da rua Professor Becker, será iniciada a revitalização do meio da ‘Manoel Ribas’. Esse trecho começa na XV de Novembro e segue até o Parque das Crianças.

Plantas e flores de época enfeitam canteiros centrais (Foto: Junior Guimarães/RSN)

BONITO DE SE VER

O conjunto da obra muda o visual da avenida que corta a cidade. É que o projeto paisagístico entre as duas pistas dá um colorido especial com espécies de flores da época. Conforme o engenheiro florestal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Saulo Vinicius Kuster da Silva, houve o plantio e reposição de cerca de 180 mil mudas de flores na extensão da avenida.

“Estamos com espécies de inverno”. Segundo o engenheiro, são petúnias, cravinas, boca-de-leão e amor-perfeito. Cerca de 50% das mudas são produzidas no viveiro municipal e o restante é comprada de terceiros.

(Foto: Junior Guimarães/RSN)

Porém, o ganho de luminosidade com a nova iluminação pública, agora com lâmpadas em Led, contribui com o visual da ‘Manoel Ribas’. De acordo com a Prefeitura, o processo de eficiência e modernização energética se deve à Parceria Público-Privada.

Assim, na avenida, por exemplo, houve a substituição das lâmpadas comuns de 400W de vapor de sódio. Conforme o engenheiro eletricista da Prefeitura, Marcelo Pinto da Silva, há cerca de 50% de redução no consumo de energia municipal. Por fim, as lâmpadas têm vida útil de 50 mil horas.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

MEIO AMBIENTE

Audiência pública apresenta sugestões sobre resíduos sólidos dia 30/09

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

NOVA FILIAL

Zero Resíduos expande operações para cidade de Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com