Sáude confirma epidemia de Dengue em 24 cidades do Paraná

A 5ª Regional de Saúde, cuja sede é em Guarapuava, registrou 24 casos suspeitos. Apenas um caso já foi confirmado pela Secretaria de Saúde

Os municípios considerados em epidemia de Dengue foram divulgados pela Secretaria de Saúde Estadual (Foto: Divulgação/SESA)

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) divulgou novos dados sobre a incidência de Dengue no Estado. O relatório confirma que 24 cidades do Paraná estão em situação de epidemia de Dengue. Conforme a 5ª Regional de Saúde, com sede em Guarapuava e que abrange outros 19 municípios, o último boletim divulgado pela Sesa informa que foram registrados 24 casos suspeitos na área de abrangência da Regional. Em Guarapuava foi confirmado um caso importado, ou seja quando a doença contraída fora da cidade.

De acordo com a Sesa, seis municípios que pertencem à Regional tiveram registros de casos. Guarapuava tem nove casos registrados, sendo que cinco foram descartados, três seguem sendo investigados e um caso foi confirmado. Outros casos suspeitos foram registrados em Laranjeiras do Sul, Nova Laranjeiras, Pinhão, Pitanga e Prudentópolis. Destes casos, 15 ainda estão sendo investigados e oito já foram descartados.

A Secretaria de Comunicação da prefeitura de Guarapuava informou por meio de nota que a equipe de trabalho preventivo está trabalhando em todos os bairros. Ainda conforme a secretaria estão sendo feitas visitas domiciliares, com a finalidade de orientar e coletar larvas para análise. Além disso, nesta quinta (23), dois agentes estarão no Sesc no horário de almoço orientando a população e entregando panfletos.

Por fim, a partir do início das aulas haverá ações de orientação também nas escolas. Em Prudentópolis o último ano epidemiológico confirmou dois casos na cidade. Ações de orientação serão feitas em toda a cidade na sexta (24).

EPIDEMIA

São 24 municípios em situação de epidemia, dois a mais do que a semana passada: Bandeirantes (Região Norte) e Ivaiporã (Vale do Ivaí). Os outros municípios que já haviam atingido este patamar são Braganey, Juranda, Nova Cantu, Peabiru, Quinta do Sol, Douradina, Diamante do Norte, Guairaçá, Inajá, Paraíso do Norte, Paranavaí, Santa Isabel do Ivaí, Tamboara, Ângulo, Colorado, Doutor Camargo, Floraí, Paranacity. Uniflor, Florestópolis, Sertaneja e Guairá.

CRESCIMENTO

A Secretaria de Estado da Saúde registrou 7.618 casos confirmados de dengue no Paraná – 1.550 a mais do que na publicação anterior (6.068 casos), um aumento de 25,54%. Assim, os números referem-se ao acumulado desde agosto de 2019. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento chega a 4.846%. Foram 154 confirmações em 2018.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, o Paraná está combatendo a doença com o envolvimento dos órgãos e secretarias do Governo, por meio do Comitê Intersetorial de Controle da Dengue, que desenvolve ações em todos os municípios.

“São atividades de orientações sobre as medidas preventivas para a dengue e de remoção técnica dos criadouros do mosquito transmissor da doença. Sabemos que a eliminação dos criadouros é a forma mais eficaz de reduzir os casos de dengue e contamos com a participação da população neste combate. A dengue mata e cerca de 80% dos focos estão nos domicílios”, destacou o secretário.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

ALERTA

Postagem 'fake' anuncia distribuição de cestas básicas em Guarapuava

REQUERIMENTO

Súmula de autorização florestal ao Instituto Água e Terra

Comentários