Semana começa com oscilação do dólar

Às 10h23, a moeda norte-americana avançava 0,41%, a R$ 3,7515 na venda

Esta segunda feira (12) começou com oscilação do dólar perante o real, monitorando o mercado externo. Há preocupação com a saída do Reino Unido da União Europeia, com o orçamento italiano, além do cenário político brasileiro, depois de terminar a sessão anterior em leve baixa de 0,06%, a 3,7361 reais. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,4 %, segundo informações da Exame.

Se o feriado do Dia do Veterano nos Estados Unidos, no entanto, deve encolher a liquidez local, já que muitos investidores devem ficar fora do mercado mesmo com as bolsas norte-americanas funcionando nesta sessão, a expectativa por novos nomes da equipe do governo Jair Bolsonaro mantém alguma cautela no mercado. As atenções estão voltadas para as informações de que o ex-ministro da Fazenda Joaquim Levy ocupará a presidência do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A possível entrada de Levy, internamente, causou boa impressão no mercado, assim como as especulações sobre uma possível continuidade de Mansueto Almeida no Tesouro e a ida de Ana Paula Vescovi, secretária executiva do Ministério da Fazenda, para a presidência da Caixa.

O Banco Central realiza nesta sessão o leilão de até 13,6 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de dezembro, no total de U$ 12,217 bilhões. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

 

 

 

 

 

 

 

Relacionadas

LUTA ANTI-RACISTA

No Dia da Consciência Negra e no ano todo a luta é por igualdade racial

RACISMO

Homem negro é assassinado em supermercado na zona norte de POA

APOSTANDO NA SORTE

Sorteio da Mega-Sena neste sábado vai pagar R$ 75 milhões

Comentários