Sesa registra quase 2 mil casos de sarampo no Paraná

De acordo com o último boletim da Sesa, a 5ª Regional de Guarapuava tem três casos de sarampo. Já a 4ª Regional de Irati, tem 11 casos

Sesa registra quase 2 mil casos de sarampo no Paraná (Foto: Arquivo/RSN)

O Paraná acumula quase 2 mil casos de sarampo. De acordo com o último boletim da Secretaria do Estado de Saúde, a 5ª Regional de Saúde sediada em Guarapuava segue estável com três casos confirmados até o momento. Os registros são de Guarapuava. Já a 4ª Regional com sede em Irati, tem 11 casos confirmados da doença. Desses, oito em Irati.

Em julho, o Paraná registrou 1.839 casos da doença. Contudo, de julho até o dia 24 de setembro – último boletim, a Sesa registrou 137 novos casos, totalizando 1.976. Os casos em investigação no Estado somam 252 e os notificados, 3.596. Já os descartados são 1.368. Entretanto, a Sesa não registrou morte pela doença.

Conforme a Sesa, os boletins não estão sendo mais divulgados desde o dia 24 de setembro. Isso porque não houve novos registros da doença. Entretanto, os casos suspeitos permanecem em investigação pela Sesa.

5ª REGIONAL

Em Guarapuava são três casos confirmados e 19 descartados de sarampo. Em Boa Ventura de São Roque, Cantagalo, Foz do Jordão, Nova Laranjeiras e Reserva do Iguaçu houve um caso descartado para a doença em cada município. Já Laranjeiras do Sul descartou cinco casos. A Saúde de Marquinho descartou dois e apresentou um caso em investigação.

Assim sendo, em Pitanga, a Saúde descartou três casos e em Prudentópolis foram 10. Rio Bonito do Iguaçu descartou quatro casos da doença e registrou um caso suspeito. Dessa maneira, a 5ª Regional de Guarapuava acumula três confirmações, 48 casos descartados e dois casos em investigação.

4ª REGIONAL

Já Irati confirmou oito pessoas com a doença. Além disso, registrou 30 casos descartados e um caso suspeito. A Saúde de Mallet teve três casos confirmados e descartou 13. Rebouças e Fernandes Pinheiro registraram três casos descartados. Além disso, Inácio Martins segue com dois descartados e um em investigação. Em Imbituva, o boletim registrou um caso descartado e um em investigação.

Ainda, Guaramiranga e Teixeira Soares tiveram dois casos descartados cada um. E Rio Azul descartou cinco casos. Desse modo, a 4ª Regional de Saúde com sede em Irati registrou 11 casos confirmados, descartou 61 e três seguem sob suspeita.

PERFIL DOS PACIENTES

Nos boletins da Saúde foram analisados os perfis dos pacientes com maior incidência da doença. Conforme as análises, pessoas entre 20 e 29 anos representam a maioria das pessoas que testaram positivo para a doença. A incidência nesta faixa etária é de 52,4%.

SINTOMAS

Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, coriza, conjuntivite e exantema (manchas avermelhadas na pele). Outros sintomas como cefaleia, indisposição e diarreia também podem ocorrer. Os doentes ficam em isolamento domiciliar ou hospitalar por um período de sete dias a partir do aparecimento das manchas vermelhas no corpo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

BOLETIM COVID

Saúde de Guarapuava já contabiliza mais de 1.100 casos de covid-19 em janeiro

ADEQUAÇÃO

Festa de Nossa Senhora de Belém terá apenas a parte religiosa

IMUNIZAÇÃO

Chega a Guarapuava unidades de insumos de vacina da covid-19

Comentários