Setran realizará mapeamento de trânsito no entorno de escolas de Guarapuava

Objetivo é mudar o comportamento caótico do tráfego nos locais; projeto de conscientização será desenvolvido para a iniciativa

Escola Municipal Antônio Lustosa de Oliveira (Foto: Divulgação)

O fortalecimento e a consolidação dos setores que formam o tripé essencial ao trânsito – engenharia, educação e tecnologia – tem sido alvo constante de projetos desenvolvidos pela Secretaria de Trânsito (Setran) de Guarapuava. No setor da tecnologia, a pasta anunciou em maio deste ano, com exclusividade ao Portal RSN, a realização do projeto do Estar Digital, como um dos resultados da busca pela inovação e modernização do trânsito guarapuavano. Além disso, estudos desenvolvidos pela equipe de engenharia local nos laboratórios que integram as salas da Setran, na Rodoviária Municipal, já executam melhorias e adequações nas ruas do terceiro planalto.

Leia também:
Estar ganhará versão digital em Guarapuava

A fim de investir e estimular um dos principais aspectos deste tripé, a educação no trânsito, a Setran lançará, no início de agosto, o projeto municipal Trânsito na Escola. De acordo com o secretário Airson Horst, em entrevista ao Portal RSN, a decisão de desenvolver o projeto, tem intuito de gerar mudança nesse setor que apresenta um cenário bastante caótico em Guarapuava.

“Não é porque estamos trabalhando em outras áreas que nós estamos deixando de lado uma parte fundamental, a educação no trânsito. Essa é a parte que eu acho que dá mais resultado, a questão da educação e mudança de comportamento. Nesses oito meses frente à secretaria já realizamos nove blitz educativas, fizemos um trabalho em algumas escolas e adotei como piloto esse projeto que nós faremos nas escolas”, declarou.

Trânsito na escola iniciará em agosto, nas escolas de Guarapuava (Nádia Moccelin/RSN)

O projeto surge de uma parceria entre a Setran e o Núcleo Regional de Educação. Mesmo sem ainda ter data definida para o lançamento das atividades do projeto nas escolas, o público-alvo e as atividades realizadas com eles já estão delineadas pelo secretário.

Nós vamos trabalhar com as escolas para atender o ensino médio, conversando com os adolescentes que serão nossos próximos condutores. De modo bastante claro, nossas ações percorrerão duas vias principais, de modo simultâneo: enquanto estiver ocorrendo palestras para os alunos, nesse mesmo momento, teremos a engenharia de tráfego fazendo um levantamento no entorno da escola sobre a sinalização e sobre o que poderia ser feito para melhorar a fluidez e a segurança também daqueles que se utilizam da escola.

Com o mapeamento, a ideia proposta pela Setran é que seja elaborado um perfil da situação do trânsito no entorno das escolas, com o intuito de identificar as especificidades e a realidade de cada uma das instituições. Para isso, as ações do Trânsito na escola, envolverão também, os pais motoristas, que vivenciam e protagonizam as consequências da desordem nas vias, nestes locais.

“Junto com os alunos, no horário de pico dessa escola, nós vamos fazer uma abordagem para os pais que vão buscar os filhos, falando sobre a responsabilidade que eles tem em respeitar o horário de embarque e desembarque. Se tudo der certo, nós vamos colocar em todas as escolas essa informação. Nossa ideia é que esse projeto se torne continuado, para manter sempre os trabalhos de conscientização”.

Para Airson, essa é a mais poderosa ferramenta de transformação do trânsito guarapuavano, a longo prazo.

“Eu não vejo outra forma de mudar, senão, pela consciência destes que serão os novos condutores do trânsito em Guarapuava. Entra também no projeto, a questão de onde o aluno deve fazer a travessia, como utilizar a via pública, como utilizar a calçada, porque não devemos falar só do condutor, mas também do pedestre, do ciclista. Todos tem responsabilidade no trânsito. Temos que nos lembrar da premissa de que o maior cuida do maior sempre. Cuidar do pedestre, do ciclista, do motociclista, do automóvel, do caminhão”.

Relacionadas

ALERTA

Postagem 'fake' anuncia distribuição de cestas básicas em Guarapuava

REQUERIMENTO

Súmula de autorização florestal ao Instituto Água e Terra

HOMENAGEM

Bombeiros participam do cortejo do menino Emanuel em Guarapuava

Comentários