Só de cueca, advogado da “alta sociedade” morde PM e reage à prisão

Embriagado, advogado e radialista ameaçou usar de influência para impedir prisão. Ele disse que se encostassem nele, acabaria com a vida dos policiais

Só de cueca, advogado da “alta sociedade” morde PM e reage à prisão (Foto: Arquivo/RSN)

Um advogado de 47 anos e que está com a carteira da OAB suspensa, foi a atração no fim da noite dessa segunda (17) no meio policial de Pitanga. Isso porque conforme a PM, às 23h45 a equipe avistou um Fiat Uno Branco sem a placa dianteira fazendo manobras perigosas – do tipo patinadas – na rua Interventor Manoel Ribas, no Centro da cidade.

Mas a história só estava começando. Os policiais tentaram abordar o motorista por meio de equipamentos luminosos e sonoros. Entretanto, o motorista saiu patinando com o carro novamente, furando preferenciais e passando por lombadas, colocando em risco a vida de pedestres. A polícia manteve o acompanhamento tático. Em determinado momento, o motorista parou em uma casa e saiu correndo do carro.

DE CUECA

Conforme a PM, ele vestia apenas uma cueca e xingou os policiais. Em seguida, pulou muros e correu por algumas ruas até chegar em um outro muro, este com mais de três metros de altura. O motorista foi segurado pela perna e neste momento se identificou como advogado e radialista. Além disso, afirmou que “ninguém encostaria a mão nele, pois ele tinha muitos contatos importantes na cidade e que iria acabar com a vida dos policiais caso encostassem nele”.

Assim, os policiais orientaram o fugitivo a não pular o muro, pois era muito alto e ele poderia se machucar. Depois de alguns minutos de conversa, o motorista disse que iria se entregar e estava fugindo pois tinha ingerido bebida alcoólica e não queria ser preso. Além disso, ele afirmou  que “era uma pessoa da alta sociedade e que mesmo se fosse preso não ficaria um dia se quer na cadeia”.

De acordo com a equipe policial, o homem foi orientado a se voltar para o lado da rua, mas neste momento ele pulou para o lado de dentro do terreno, para tentar fugir novamente. Entretanto o terreno não tinha saída. A polícia então ordenou que ele colocasse as mãos na cabeça, mas o advogado que de acordo com informações policiais é repórter de um programa policial na cidade, não acatou as ordens.

MORDEU POLICIAL

O valentão investiu fisicamente contra um soldado com socos e pontapés e ainda mordeu o soldado na coxa. Foi necessário uso moderado da força e algemas para conter o agressor e resguardar a segurança dele e da equipe policial. A PM acionou os bombeiros para acompanhar o preso até o hospital de Pitanga, onde passou por avaliação da médica de plantão, sendo constatadas apenas escoriações.

Segundo informações da Polícia Militar, durante o exame de raios-X, o advogado/radialista ameaçou o soldado que estava na ocorrência, dizendo que “iria lhe encontrar de folga na rua e iria acertar as contas”. O fato aconteceu na presença da técnica de enfermagem. Em outro momento, ao pedir para ir ao banheiro do hospital, ele tentou fugir novamente pela janela, mas foi contido pela equipe policial.

PRESO

O homem foi levado no carro da saúde para a 45ª DRP, onde fez o teste de bafômetro. Na Delegacia, o teste confirmou a embriaguez com resultado de 0,42 mg/l, valor superior ao máximo permitido. Ele foi preso. O soldado que auxiliou na abordagem, fez exame de corpo delito. A médica constatou lesões de natureza grave, devido ser uma mordida.

O carro Fiat Uno Branco foi recolhido ao pátio da 3ª Companhia. Por fim, conforme a PM, a presidente da OAB de Pitanga, informou que não seria necessária sua presença, já que o preso está com a OAB suspensa.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CRIME AMBIENTAL

Aplicação de inseticida mata abelhas em comunidade em Turvo

COMBATENDO O TRÁFICO

Homem é preso após PM encontrar drogas escondidas no assoalho de casa

PANDEMIA

Pinhão registra duas mortes por covid-19 em menos de 24 horas

Comentários