Suspensa a greve do funcionalismo em Pinhão

Prefeito acredita que até 14 de junho consegue reaver a certidão liberatória do TCE

(Foto: Simfupi)

Em assembleia nesta manhã (5), o Sindicato dos Funcionários Municipais de Pinhão (Simfupi) decidiu suspender até o dia 14 de junho, a greve iniciada no último dia 31 de maio. De acordo com o prefeito Odir Gotardo, no dia 14 o município fecha a arrecadação e envia ao Tribunal de Contas, mostrando que o índice caiu e reavendo a certidão liberatória.

A decisão veio após uma rodada de negociação nas primeiras horas da manhã desta quarta, que avançou quando o prefeito Odir Gotardo concordou em não descontar os dias da paralisação dos funcionários municipais em greve, desde que todos voltassem ao trabalho ainda hoje.

Um acordo entre Simfupi e a prefeitura, previa para maio uma reposição salarial de 3,7% retroativo a janeiro, e em julho outro 1% sem ser retroativo. Mas para que isso acontecesse, foi condicionado que seria levada em conta as condições legais, como a recuperação e a manutenção de certidão liberatória.

Esse documento permite a assinatura de convênios com os governos estadual e federal, e para consegui-la é preciso que o município cumpra determinações da Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR), entre os quais a obediência de um limite inferior a 54% de investimentos com a folha de pagamento.

(Foto: Ascom/Prefeitura de Pinhão)

Tendo com principal argumento a perda de R$ 4 milhões em investimentos, por não poder assinar convênios pela falta da certidão, o prefeito garante que várias ações estão sendo feitas para baixar o índice da folha de pagamentos no limite exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR). De acordo com o prefeito, o município está próximo de conseguir a certidão e então, conceder o que o sindicato pede.

“Nunca negamos esse direito, estamos apenas pedindo o bom senso dos funcionários para não prejudicar a população”. O prefeito, entretanto, não abriu mão da reposição de atividades em áreas como a educação e saúde, entre outros setores, mas aceitou que seja diluída até dezembro.

Relacionadas

NÃO PARA

Saúde de Irati registra mais uma morte por covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

Oficina on-line de ginecologia natural ocorre neste sábado (28)

QUE VENHA DEZEMBRO

Último fim de semana de novembro será chuvoso em Guarapuava

Comentários