Traumatismo craniano causou a morte de Suelen, atesta laudo do IML

Inquérito apura homicídio doloso e dois suspeitos já prestaram depoimentos

Suelen Weber (Foto: Reprodução/Facebook)

O primeiro laudo divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava atesta que a morte da jovem Suelen Weber de 18 anos teve como causa traumatismo craniano. De acordo com o delegado operacional da 14ª Subdivisão Policial, Bruno Maciozek, o IML ainda não comprovou se houve ou não o estupro. “Estamos aguardando os laudos toxocológico e do material coletado na região genital da vítima”.

Suelen morreu no dia 2 de fevereiro logo após ter chegado na casa onde morava com a avó no município de Turvo. O caso é complexo e várias versões em redes sociais tratam sobre a causa da morte, porém, as investigações policiais continuam no inquérito presidido pelo delegado Bruno Maciozek.

Segundo o delegado, dois jovens suspeitos já se apresentaram e prestaram depoimento. Eles estão sendo investigados por homicídio doloso. Na versão dos jovens, Suelen teria passado mal, com ânsias de vômito e ao abrir a porta do carro onde estava com os dois suspeitos, teria caído e batido a cabeça no chão.

O delegado apreendeu o veículo Gol, utilizado pelos jovens na noite em que a jovem morreu. O carro estava em Campo Mourão onde os suspeitos também estavam, após terem saído de Turvo com medo de represálias. Uma terceira pessoa que esteve com Suelen antes dela sair com os suspeitos será ouvida pelo delegado.

Relacionadas

RETORNANDO

Autorizadas as aulas presenciais dos últimos anos de cursos da Saúde

SALDO DO FIM DE SEMANA

PRF apreende 297 quilos de maconha e 50 mil maços de cigarro no PR

AGRIFAMILIAR PARANÁ 2020

Terminam nesta quarta (30), as inscrições para Feira da Agroindústria

Comentários