Ubirany do grupo Fundo de Quintal morre no Rio, vítima da covid-19

O cantor Ubirany de 80 anos estava internado e morreu em um hospital do Rio de Janeiro. Ele introduziu o repique de mão no mundo do samba

Ubirany do grupo Fundo de Quintal morre no Rio, vítima da covid-19 (Foto: Marcelo Lacerda/PCR)

O cantor do grupo Fundo de Quintal, Ubirany Félix do Nascimento de 80 anos, morreu de covid-19 nesta sexta (11) em um hospital do Rio de Janeiro. Ele estava internado por conta da doença e teve complicações devido ao vírus.

Ubirany foi o responsável por introduzir o repique de mão no mundo do samba, instrumento que ficou identificado ao Fundo de Quintal, conjunto musical que ajudou a fundar na década de 1970. Além disso, o grupo divulgou uma nota lamentando o falecimento do integrante. “(…) A assessoria informará, posteriormente, questões sobre velório e sepultamento do sambista. Pedimos respeito ao luto de amigos e familiares, que se manifestarão em momento oportuno e espontâneo”.

Em abril, o cantor Sereno, também integrante do grupo, recebeu o diagnóstico positivo para a covid-19. Conforme o comunicado divulgado na página oficial do Fundo de Quintal, ele não chegou a ser hospitalizado.

O FUNDO DE QUINTAL

O grupo Fundo de Quintal nasceu na casa da cantora Elza Soares, em Jacarepaguá. Desse modo, o quintal da Elza deu nome ao grupo, que é um dos mais importante da história do samba. Por fim, a geração toda de sambistas e pagodeiros tem influência do Fundo de Quintal e tudo começou no Cacique de Ramos.

Beth Carvalho conheceu o pessoal em 1977, ainda amadores, e deu aquele empurrão na carreira do grupo.

(*Com informações do G1)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ENEM 2020

Enem 2020 teve uma abstenção acima de 50%, segundo Inep

CONTRA A PANDEMIA

Pazuello diz que vacinação contra a covid-19 começa hoje (18)

SEGURO

Pagamento de indenizações do Dpvat passa a ser feito pela Caixa

Comentários