A emoção do reencontro 40 anos após a formatura

Primeira turma de Assistente de Administração do Carneiro Martins se reúne em Guarapuava

Primeira turma do curso Assistente de Administração do Carneiro Martins (Foto: Sebastião Fonseca )

Quarenta anos se passaram depois que turma se formou em assistente de administração no Colégio Francisco Carneiro Martins. Foi no período entre 1976 e 1978. Porém, a iniciativa de Sebastião Geremias da Fonseca, reuniu parte do grupo no último sábado (15), em Guarapuava.  Dos 26 formandos da primeira turma desse curso, dois já faleceram e uma única colega não foi encontrada por morar no Pará. Dos demais, 16 compareceram.

A ideia de reunir a turma começou a ser organizada em 2016. Foram muitos contatos pessoais com quem reside em Guarapuava. “Os demais, fomos encontrando pelas redes sociais e como guardei o convite da formatura ficou fácil”. O patrono e o paraninfo da turma, foram Edgard Lippmann Júnior e  Jamil Abdanur. “O Lippmann não pode vir e o professor Jamil é falecido”.

A turma na formatura (Foto: Sebastião Fonseca)

O ponto de encontro não poderia ser em outro lugar: o colégio onde se conheceram e onde conviveram durante dois anos.

De acordo com Sebastião, a emoção maior, após o reencontro, foi esse retorno ao colégio. “Fomos nas salas onde estudamos, no auditório, no pátio e muitas recordações do passado. Foi muito emocionante. Demos depoimentos aos alunos que estão nas cinco turmas do curso”.

Depois disso, foi a vez de conhecerem as famílias de cada. “Não poderia ser mais emocionante rever velhos amigos de sala de aula depois de 40 anos e novamente nossas vidas ficaram marcadas para sempre. Após esse reencontro não nos afastaremos mais, tanto que já foi marcado novo encontro para dezembro e será em Ibema onde mora um dos nossos colegas. Ele vai oferecer o almoço. Isso é bom demais. Não podemos ficar tão distantes, pois já estamos entrando na casa dos 70, alguns já tem mais”, disse Sebastião.

Relacionadas

PÉ NO PEDAL

Dois guarapuavanos perdidos pelo mundo sobre duas rodas

COLOMBIANA

Colombiana quer conhecer o mundo com Scooter 125 cc

NA CAPITAL

Para recordar memórias, guarapuavanos promovem reencontro em Curitiba

Comentários