Em viagem pela América do Sul, documentaristas venezuelanas passam por Guarapuava

A passagem integra o projeto “Buscando a mi gente”

As documentaristas venezuelanas Verónica Otero e Cori Malvestuto saíram de seu país em seis de outubro de 2017, com destino ao Brasil, para realizar um sonho. Com uma kombi e uma ideia inspiradora surgiu o projeto “Buscando a mi gente”, uma iniciativa de viajar pela América do Sul conhecendo as pessoas, suas vidas e histórias.

O veículo, carinhosamente chamado de Vela Blue, é a ferramenta de passagem das aventureiras que entraram no Brasil por Roraima e, em nosso país, já percorreram 15 estados do norte, do nordeste, sudeste e do centro-oeste brasileiro. Na região sul, a primeira cidade visitada foi a capital do Paraná.

Na capital paranaense, Verónica e Cori aproveitaram a rota turística (Foto: Divulgação)

Justamente na passagem por Curitiba, Verónica e Cori, em contato com uma produtora da capital e de São Paulo, descobriram uma família de Guarapuava que poderia recebê-las em sua casa.

A oportunidade veio ao encontro exato da proposta de viagem das venezuelanas que destacaram como principal objetivo o encontro com gente. “Cada vez mais entramos na casa das pessoas, conhecê-las é nosso privilégio”, conta Verónica.

Assim, nessa terça feira (3), Vera Blue, Verónica e Cori chegaram a Guarapuava e foram recebidas pela família de Rita Felchak. A notoriedade da Felchak Produções abriu portas para a acolhida das documentaristas, que consideraram a surpresa, mais um bom presente da viagem.

O plano antigo era dormir em um posto de gasolina e seguir estrada na manhã seguinte. “Nossa rede humana é muito bonita e, por isso, temos esse privilégio. Paramos aqui e pudemos conhecer essa família teatreira, tão incrível”, comemora Verónica.

A passagem pela cidade do terceiro planalto foi encerrada na quarta feira (4). A rapidez levou em conta um aspecto legal. Cori e Verónica estão no país há seis meses e já renovaram duas vezes seu pedido de permanência. Desse modo, ambas possuem poucos dias para deixar o Brasil.

Da passagem por nosso país, a dupla evidenciou o encontro com paisagens variantes e diferenças de ritmos. “São muitos mundos, vivendo em um só país. É um privilégio”.

Do tempo na estrada, a principal recordação das venezuelanas sobre o trajeto já percorrido é a solidariedade e acolhida brasileira.

“Um amigo nos disse que estamos vivendo o sonho de muitos brasileiros. Então, uma forma deles se realizarem conosco é dizendo: o que precisas? Eu te ajudo. Isso está em todo o país”.

Além do Brasil, outros nove países integram a lista de destinos sulamericanos das venezuelanas, que trabalharam na organização desse projeto por quatro anos. Mesmo tendo percorrido apenas o território brasileiro, de acordo com ambas, um terço da quilometragem da viagem já foi cumprida.

Por serem documentaristas, Cori e Verónica registram todos os seus caminhos. Cada cidade, cada povo, toda a gente. Por isso, toda a viagem pode ser acompanhada por meio do site, do Facebook e do Instagram do projeto.

O registro é feito em cada cidade por onde a dupla de venezuelanas passa (Foto: Divulgação)

Para unificar a identidade sul-americana, as venezuelanas tem como principal ferramenta de troca a cultura. Por onde passam, Cori faz apresentações musicais com canções de sua autoria e também de músicas latino-americanas. Os palcos são as praças, teatros, salas e ruas das cidades visitadas.

Além disso, o cinema também acompanha a turnê do “Buscando a mi gente”. Nas paradas, são exibidos filmes do cinema latino-americano e mundial.

“Não somos só venezuelanas. Na viagem temos outra posição, outro lugar. Quem eu sou? Eu sou nada, somos sul-americanas”.

O próximo destino das aventureiras é a turística cidade de Foz do Iguaçu. De lá, Cori e Verónica deixam o país com rumo ao nosso vizinho Paraguai.

Relacionadas

AVENTURA

Quer fugir do Carnaval? Tem quatro dias de aventura em Turvo

JOGOS DE AVENTURA E DA NATUREZA

'Trail run' é a atração deste domingo (2) em Turvo

Campos Gerais têm natureza, tropeirismo e cultura europeia

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com