Guarapuavana coleciona presépios de várias partes do mundo

Exposição com peças de Adriana Bernardim e outros colecionadores está disponível no Salão Azul da Catedral

(Foto: Pierre Míchel/RSN)

O maior desafio da guarapuavana Adriana Bernardim é onde e como guardar a coleção de presépios dentro de casa. Já são 150 de todos os modelos e tamanhos. São peças confeccionadas em madeira, em tecidos, com conchas minúsculas, entre tantas outras que ela mesmo não consegue lembrar momentaneamente. Mas todas elas e outras dos também colecionadores Regina Ribas e Luigi Chiaro estão à mostra no Salão Azul da Catedral Nossa Senhora de Belém, até o domingo (16), das 18h às 21h30, em Guarapuava.

A ideia de montar uma exposição partiu da própria Adriana.

“São muitas peças, de vários tamanhos e de vários lugares do mundo, que estão guardadas dentro de casa e que merecem ser vistas por outras pessoas”. De acordo com Adriana, ela costumava expor na própria casa, porém, o alcance era muito restrito.

“Como eu sabia que outras pessoas também colecionavam, os convidei e estamos compartilhando com o público”.

Adriana disse que acumula presépios há 15 anos. “Eu gosto muito de ver o Menino Jesus, Maria, São José, as ovelhinhas. Eu tinha aquele presépio tradicional e quando as pessoas viram que eu gostava, começaram a me dar como presente. Viajavam e traziam de várias partes do Brasil e de outros países”.

Para a colecionadora, entre tantas obras de arte, as que mais a cativam são os feitos de forma artesanal. Mas um deles é especial. “A minha preciosidade é um presépio que o Padre Jean me trouxe, feito em madeira, e que tem pouco da Terra Santa”.

Confira alguns dos presépios de Adriana, de Regina e de Luigi abaixo.

Relacionadas

Comentários