Ipê amarelo surge como espetáculo à parte em Guarapuava

Ipê-amarelo foi declarada pelo ex-presidente Jânio Quadros, em 1961, como a árvore nacional símbolo do Brasil. Em Guarapuava, há árvores em vários pontos

Ipê amarelo (Foto: Pixabay)

Setembro é mesmo um mês amarelo. Véspera da estação mais colorida do ano, o mês é marcado pela beleza dos pés de ipês.

Assim, quem passa pela praça 9 de Dezembro, no Centro de Guarapuava, por exemplo, pode apreciar as árvores que se abrem em  flor.

De acordo com a publicação  ‘Árvores do Brasil’, conhecidos por sua beleza e pela resistência e durabilidade de sua madeira, os ipês foram muito usados na construção de telhados de igrejas dos séculos XVII e XVIII. “Se não fosse pelos ipês, muitas dessas construções teriam se perdido com o tempo”. Porém, até hoje a madeira do ipê é muito valorizada, sendo bastante utilizada na construção civil e naval.

Conforme a publicação, por conta disso, hoje é muito difícil encontrar uma árvore de ipê-amarelo em meio à mata nativa. “Porém, quando isso acontece, o espetáculo é grandioso e merece ser apreciado com calma e reverência”. Dessa forma, podendo atingir até 30 metros de altura, o ipê em flor no meio da mata, contrasta com o verde das outras árvores.

IDEAL PARA AS CIDADES

Já nos centros urbanos, como em Guarapuava, as variedades de pequeno e médio porte (8 a 10 metros) surgem em meio ao concreto. Afinal, são ideais para o paisagismo e a arborização urbana.

Por isso, basta andar pelas ruas da cidade e ver que essa árvore está presente em vários pontos.

Entretanto, o que poucos sabem é que em 1961, o então presidente Jânio Quadros declarou o ipê-amarelo, da espécie Tabebuia vellosoi, a Flor Nacional. Assim,  conforme a Oscip Apremavi, desde então o ipê amarelo se tornou a árvore símbolo do Brasil.

Afinal, ipê é uma palavra indígena de origem tupi que significa ‘árvore cascuda’. Porém, agora que você sabe algumas curiosidades sobre o ipê, olhe para cima. Veja como a coloração das flores produz um belíssimo efeito na copa da árvore. Entretanto, se olhar para o chão vai se deparar  com um tapete de flores que contrastam com o cinza da calçada.

Relacionadas

SUPERPROMOÇÃO

Arezzo acaba de lançar promoção imperdível por tempo limitado

ENERGIA NECESSÁRIA

Luas Cheias de outubro trazem energia de renovação

NOVA OBRA

Denis Santos lança "O Gaiteiro Cadáver do Pinhão"

Comentários