O sagrado pão nosso de casa dia pelas mãos de Amarílio Krüger

As broinhas de fubá da Vó Laluca resgatam receitas de família

Amarílio com a mão na massa (Foto: Marilia Krüger)

O empresário rural Amarílio Krüger deu uma guinada radical na sua vida. A criação de cavalos e de gado de raças foi substituída por uma atividade atípica, que começou como terapia e se tornou geração de renda.

“Eu estava à deriva e o tempo foi passando, pois já estávamos há mais de um ano sem solução. Como não aguentei mais busquei uma alternativa porque estava entrando em depressão”.

Em 2018, Amarílio teve incendiada as casas e galpões da Fazenda onde morava, em Laranjal, distante 168 quilômetros de Guarapuava. A área está ocupada por sem terra ligados ao Movimento dos Agricultores Sem Terra do Oeste (Mastro). Uma liminar para reintegração de posse foi expedida em novembro de 2017, mas até o momento, não foi cumprida.

 

Sem saber o que fazer, Amarílio teve a inspiração quando assistiu um programa de televisão e viu a história de uma senhora que para fugir da depressão fazia pães. Ela se tornou dono de uma das maiores padarias em Porto Alegre no Rio Grande do Sul.

“Quando conheci essa história pensei: e por que eu não posso fazer isso também”? Amarílio disse que fez um curso em Curitiba promovido pela Federação Espírita. “Aprendi a fazer pães especiais, mas quando voltei a Guarapuava corri atrás das receitas da Vó Laluca”.

A produção do Puro Grano (Foto: Marilia Krüger)

A broinha de fubá, os pãezinhos que faziam parte da mesa do café na casa do casal Lenita e Nivaldo Krüger, pais de Amarílio, é hoje um dos carros-chefes da produção. “É uma receita que passou pra minha vó Judite Bastos, foi para a minha mãe e agora eu e meus filhos resgatamos”.

Sim, a Puro Grano, envolve Amarílio na produção, o filho Pedro na venda e entrega e Marília no marketing.

Amarílio fazendo a massa (Foto: Marilia Krüger)

Mas para chegar ao comércio de pães, Amarílio começou a produzir e presentear amigos. A aceitação foi boa e começaram a surgir as encomendas. Hoje os produtos começaram a ganhar o mercado local, e podem ser encontrados na loja de especiarias no Bairro Santana ou então por encomendas. “O pão é um alimento sagrado, bíblico e secular”, diz.

A produção é 100% artesanal e oferece seis tipos de pães.

(Foto: Marilia Krüger)

Relacionadas

DELÍCIA

No Dia da Pizza escolha o sabor favorito e saboreie essa delícia

EXPLOSÃO DE SABORES

Neste Dia dos Namorados escolha Fuego e surpreenda a pessoa amada

MAIS SABOR

Madame Tempero, chega para que as refeições fiquem mais saborosas

Comentários