Um guarapuavano na Força Aérea Auxiliar Americana

Fernando, Maria e Aliya (Foto: arquivo pessoal de Fernando)

Fernando Leandro Albano Assis saiu de Guarapuava em junho de 1996. O destino? Nova York, na terra do Tio Sam. Na bagagem, R$ 200,00, três peças de roupa e o sonho de uma vida nova em terras distantes. Hoje o bacharel em Teologia, capelão, fundador da International Chaplain Association, e membro da Força Aérea Auxiliar, celebra as conquistas.

“A minha história ainda não terminou e se Deus quiser tenho muitas coisas que alcançar”.

Fernando cresceu em Guarapuava no Bairro Santana, estudou nos colégios Visconde de Guarapuava e Ana Vanda Bassara e foi cabeleireiro por mais de 14 anos. Nos Estados Unidos trabalha com segurança pública, como guarda-costas e segurança executivo, além de ser membro da Força, o equivalente a segundo tenente no Brasil.

O guarapuavano já constituiu família. Há nove anos se casou com Maria Assis e tem uma filha, Aliya, com oito anos de idade. Religioso, atua ainda como capelão certificado pelo estado da Pennsylvania.

“Já morei em New Jersey e hoje resido em Effort, na Pennsylvania”.

A saudade do Brasil e de Guarapuava onde possui familiares faz parte do cotidiano de Fernando, mas é nos Estados Unidos que o guarapuavano realiza os seus sonhos e é um pouco da coragem que o levou até lá que Fernando quer repassar a quem almeja alcançar objetivos.

“Você é capaz de se tornar seu melhor aliado ou seu pior inimigo”. Por isso, diz, se afaste de pessoas negativas e siga os seus sonhos.

Fernando e membros da Força Aérea Auxiliar (Foto: arquivo pessoal)

Relacionadas

LITERATURA

Isaías Roberto lança autobiografia nesta quinta (12) em Guarapuava

EMPREENDEDORISMO

De fisioterapeuta a empresária: um pouco sobre Estella Antonelli Vitorassi

'CAÇADOR DE RAIOS'

Klaus Pettinger: jornalista, fotógrafo, escritor e caçador de raios

Comentários