Agressor do fórum tenta se enforcar dentro da Upa do Batel em Guarapuava

Paciente está sedado, algemado e aguarda transferência para tratamento psiquiátrico

(Foto: Leitor/RSN)

O homem que agrediu e tentou matar um outro com golpes de estilete no pescoço no começo da tarde da última segunda (10) no Fórum Desembargador Guarita Cartaxo em Guarapuava, atentou contra a própria vida nessa terça (11), dentro da Upa do Batel.

De acordo com informação recebida pelo Portal RSN, Daniel Ferreira de Oliveira Woidello, de 39 anos, tentou se enforcar com cadarço do calçado. Como não foi possível desatar o nó, o cadarço foi cortado. O paciente está algemado na cama sob escolta da PM, já que contra ele existe um mandado de prisão.

O secretário interino de saúde do município, Jonilson Pires, confirmou a tentativa de enforcamento. Disse também que Daniel foi atendido inicialmente na Urgência do Trianon. “Como o atendimento lá [Urgência do Trianon] se encerra meia-noite, ele foi transferido para a Upa do Batel. Estava bastante agitado inclusive devido a ingestão de medicamentos. E permanece sedado até que seja transferido para a ala psiquiátrica”.

De acordo com o secretário interino, Daniel será transferido para o Complexo Médico Penal, em Pinhais. “Estamos aguardando a liberação de escolta policial até o Complexo Médico Penal. Acreditamos que ele seja transferido ainda hoje. Um técnico de enfermagem vai acompanhar o paciente”, informou o secretário interino de saúde de Guarapuava.

(Foto: Larissa Ortiz/RSN)

Na tentativa de homicídio dentro do fórum, Daniel afirmou que tinha se envenenado tomando duas caixas de remédios, e que antes de morrer, mataria o outro homem que participaria de uma audiência sobre a ameaça de morte feita pelo próprio agressor.

Relacionadas

PANDEMIA

Outros 25 casos de covid-19 entram para a estatística em Guarapuava

AFOGAMENTO

Bombeiro suspende buscas no Parque do Lago em Guarapuava

Em nota, Câmara desmente PL para 'fechar' o voto na eleição da Mesa

Comentários