Algazarra e agressão contra policiais marcaram a madrugada

Durante as agressões um dos envolvidos cuspiu num policial disse que tinha influência dentro da PM e que a equipe perderia o emprego

Viatura policial (Foto: Arquivo/RSN)

Algazarra, bebedeira, desacato e agressão contra policiais, marcaram a madrugada deste domingo (23) no bairro Boqueirão em Guarapuava. Conforme a Polícia Militar, um dos envolvidos gritava que tinha influência dentro da PM e que o policial perderia a função.

O caso ocorreu por volta da 0h35 de hoje, na Rua Arthur Menarim, no bairro Boqueirão, aquando as equipes: CPU, ROTAM e Trânsito, foram chamadas por causa de  perturbação do sossego. Assim, na casa o proprietário, 33 anos, estava com o som excessivamente alto,  com algazarra e gritaria.

De acordo com a PM, um grupo de pessoas que ali estavam, encontravam-se em visível estado de embriaguez, olhos vermelhos, falta de equilíbrio, odor  de álcool, fala enrolada e grande excitação,.

De repente, de maneira inesperada, segundo a polícia, não atendeu o pedido dos policiais e o grupo composto por quatro pessoas, investiu conta os policiais. Socos, chutes, e xingamentos foram desferidos pelo grupo e foi preciso força para contê-lo.

Porém, um deles desafiou a equipe e ameaçou a equipe. “Tenho influência na PM e amanhã vocês não perdem por esperar”.

Após essa ameaça, cuspiu num dos policiais e voltou a dizer que tinha influência na PM. “Cuspi sim, porque não respeito vocês. Vou arrebentar com vocês, é só eu usar da minha influência, que eu acabo com vocês”. Em seguida, os demais continuaram a agredir a polícia. Um deles tentou dar um golpe ‘mata leão’ num dos soldados.

Assim, as agressões físicas continuaram, danificando um relógio de um dos policiais. De acordo com a PM, todos foram levados à delegacia de polícia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra 92 novos casos de covid-19 e governador faz apelo

VAMOS ESTUDAR?

UniGuairacá promove simulado gratuito para o Enem

Comentários