Após acidente, grávida passa por cesariana de emergência em Guarapuava

A jovem de 20 anos e grávida de 39 semanas estava na garupa da moto do marido, atingida por um carro. Mãe e bebê passam bem

Após acidente, grávida passa por cesariana de emergência em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

Uma mulher de 20 anos e grávida de 39 semanas – cerca de 9 meses de gestação – precisou fazer uma cesariana de emergência nessa segunda (19), após sofrer um acidente de trânsito em Guarapuava. De acordo com  a Polícia Militar, o acidente ocorreu nas proximidades da rua Pres. Castelo Branco esquina com a rua Guaíra, no bairro Alto da XV e envolveu um carro e uma moto.

Assim, conforme a PM, no acidente do tipo abalroamento transversal, a moto Honda C100 Biz, pilotada por um homem de 25 anos tinha como passageira, a esposa dele, uma jovem de 20 anos. Segundo a polícia, a moto seguia pela rua Pres. Castelo Branco, sentido Santana /São Cristóvão (via preferencial). Entretanto, no cruzamento com a rua Bernardino Roseira de Lacerda, a moto veio a ser atingida pelo Ford Fiesta. O motorista do carro de 81 anos não se feriu.

CESARIANA

Porém, o casal que estava na moto se feriu e recebeu os primeiros atendimentos médicos pelo Samu. O piloto teve encaminhamento para o Hospital Santa Teresa. O Samu encaminhou a mulher grávida para o Hospital São Vicente. Conforme informações do Samu, a jovem precisou fazer um parto cesariana. Não há informação sobre o sexo da criança. Apenas que mãe e bebê passam bem.

O marido dela sofreu fraturas de pelve. De acordo com a PM, o motociclista aguardava para fazer uma cirurgia. Ainda conforme relato policial, o piloto da moto não tinha CNH. Por isso, a polícia apreendeu a Honda C100 Biz e a removeu ao pátio do 16º BPM. Por fim, com duas vítimas hospitalizadas, a polícia informou que a confecção do termo circunstanciado foi prejudicada.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

EXPLOSÃO COVID-19

Em 24h, Guarapuava registra 71 novos casos de covid-19

FALTAM 3 DIAS

“Ficou nítida a dissimulação do réu preso", diz advogado de família Spitzner

SÚMULA

Súmula de recebimento de licença prévia

Comentários