Após debater a cidade, Burko forma grupos para planejar Guarapuava

Como pré-candidato a prefeito, Burko disse que já 'fechou' com o PDT e há possibilidades de de coligar com o PSB, PTB e PSL

Após debater a cidade, Burko forma grupos para planejar Guarapuava (Foto: Sabrina Ferrari/RSN)

Após cerca de dois anos e meio de pesquisas sobre a cidade, o ex-prefeito de Guarapuava Vitor Hugo Burko volta à cena política. Pré-candidato à reeleição pelo DEM, Burko foca a atenção, neste momento, para duas áreas: política e plano de gestão. De acordo com ele, para essas questões, conta com a participação do empresário rural Denilson Baitala, do empresário Tiago Pfann e do publicitário Gustavo Hauer. Além da professora Janete Probst e do vereador Professor Serjão, ex-PT, e hoje no PDT. Segundo Burko, o vereador está coordenando o núcleo de articulação social.

“Estamos formando grupos para debater e formatar vários temas a partir de um levantamento de dados sobre Guarapuava. Desenvolvendo um projeto avançado no setor de tecnologia e agronegócio a partir de conversas com a USP e empresas. Além de estarmos achando pessoas ligadas à cultura, ao esporte. Também tratando também da regularização fundiária, parque de máquinas, imóveis subutilizados e demais áreas, nessa discussão sobre a cidade”.

Conforme o ex-prefeito, a possibilidade de administrar Guarapuava pela terceira vez, o fez ampliar a base envolvendo mais de 100 lideranças divididas em diversos grupos. “A nossa pauta também debate a transparência na gestão pública, compliance, meio ambiente, indústria e comércio”.

ANALOGIA

Entretanto, um dos carros-chefe dos estudos de Burko, resultou no programa Argo, uma analogia com a lenda da mitologia grega, onde 50 jovens compuseram uma expedição que buscava pelo Velocino de Ouro, a lã de ouro de um carneiro alado.

Para o desafio dessa tarefa, um mensageiro foi enviado por toda a Grécia para convocar heróis interessados em participar da empreitada. Assim, ao fim da jornada desse arauto, cerca de 50 jovens heróis de grande valor e renome se apresentaram para cumprir a tarefa. Cada um deles ofereceu as habilidades específicas para auxiliar na expedição. “Com base nessa soma de forças criamos a nossa versão que está voltada para o agronegócio. O conceito do programa já foi debatido, várias sugestões foram incorporadas e estão sendo formatadas para promover o desenvolvimento de Guarapuava. Queremos ser referência na produção nacional de alimentos”.

APOIO DO AGRONEGÓCIO

Burko, Denilson Baitala e Thiago Pfann no Portal RSN (Foto: Sabrina Ferrari)

Oriundo de uma pré-candidatura que, segundo ele, nasceu no agronegócio, Burko disse que não está preocupado em quem serão os adversários.  “Não me preocupo com isso. Me preocupo em fazer o meu melhor”.

De acordo com Thiago Pfann, como Guarapuava precisa de uma liderança, “fomos os primeiros a procurar o Burko e ele condicionou essa possibilidade à nossa ajuda para ajudá-lo a construir um programa para Guarapuava”. Conforme Denilson Baitala, que é ex-presidente da Sociedade Rural e atual presidente do Núcleo de Criadores de Bezerros, há 26 anos a cidade continua sem uma liderança.

“A partir da decisão de assumir mais esse desafio saí conhecer a Guarapuava atual, conversando com as pessoas, pois queria saber se a sociedade estava disposta a construir um projeto coletivo e nunca recebi uma porta na cara. Sempre fui muito bem aceito, porque não estou fazendo política, mas debatendo a cidade. Tenho o apoio da classe empresarial”.

Durante os dois mandatos como prefeito de Guarapuava, Burko repassou a responsabilidade do Parque de Exposições Lacerda Werneck e da Exposição-Feira Agropecuária e Industrial de Guarapuava (Expogua) à Sociedade Rural. A Expogua também teve a parceria da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig).

COLIGAÇÕES

O pré-candidato Burko disse que já conta com o apoio do PDT. “Também estamos definindo o apoio do PSB, do PTB e do PSL. Temos conversado muito com o deputado Artagão Junior e com o Leonardo Mattos Leão”.

Burko disse que já conversou com o atual prefeito Cesar Silvestri Filho no sentido de debater Guarapuava. “Sem confronto, numa conversa bem madura, que seja favorável à uma cidade melhor”.

INEGIBILIDADE

Sobre a possibilidade de estar inelegível por causa de ações judiciais, Burko descarta qualquer possibilidade nesse sentido. “Basta entrar no site do Tribunal de Contas e ver a certidão de elegibilidade. Estou apto sim a disputar as eleições municipais deste ano”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

Relacionadas

TRAGÉDIA

Menina de 2 anos morre em acidente doméstico em Guarapuava

BOLETIM COVID

Guarapuava registra 12 novos casos de covid-19 neste sábado (24)

GOTEIRA NO GINÁSIO

Goteira adia para este domingo (25), jogo entre CAD e Apaf Paranaguá

Comentários