Após liberação do Sisu, UTFPR abre matrículas em Guarapuava

Em Guarapuava, campus da Universidade Tecnológica Federal (UTFPR) oferta quatro cursos e 148 vagas

Campus da UTFPR em Guarapuava (Foto: Divulgação/UTFPR)

O campus da Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR) em Guarapuava abriu as matrículas nesta quarta (29), seguindo o cronograma previsto pelo Ministério da Educação (MEC). A iniciativa foi tomada após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter permitido a divulgação dos resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A liberação foi no fim da tarde dessa terça (28). Esse sistema distribui vagas nas universidades públicas. Porém, estava suspenso após erros na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Essa liberação surge como um alívio aos estudantes que corriam o risco de serem prejudicados, caso o resultado do Sisu continuasse bloqueado.

Assim, em Guarapuava a UTFPR oferta quatro cursos e 148 vagas no total. Porém, no Paraná a Instituição possui 13 campis, 11 cursos e 4.542 vagas. Já no país, estavam em disputa 237 mil vagas em 128 instituições distintas. Para melhor entendimento, o Sisu oferta vagas em instituições públicas de ensino superior. Já o Prouni oferta bolsas de estudo em instituições particulares. Mas ambos utilizam notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Porém, como foi comprovada a falha na correção de algumas provas do Enem, a justiça atendeu ao pedido da Defensoria Pública da União (DPU) de suspender a divulgação dos resultados do Sisu. A intenção era não comprometer a transparência e a lisura do procedimento que dá acesso às vagas, seja de um programa, seja de outro. Segundo a DPU, em seu pedido, a revisão das notas poderia provocar alteração nos resultados finais de todos os candidatos. E essa alteração, ainda que de décimos, poderia ser a diferença entre conseguir ou não a vaga pretendida.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ALTA PROCURA

Faculdade Guarapuava formou 200 profissionais de contabilidade

LER FAZ BEM

Bibliotecas da Unicentro indicam livros do acervo no Instagram

GUARAPUAVA

Capital da Cevada e do Malte agora tem curso técnico de mestre cervejeiro

Comentários