Araupel e MST firmam acordo com intermediação do Estado

Acordo permite que a empresa possa retirar madeira do imóvel ocupado pelo MST, no acampamento Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu

Acampamento Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu (Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males)

Governo do Estado intermediou acordo entre integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da madeireira Araupel para que selassem um acordo para que a empresa possa retirar madeira do imóvel ocupado pelo MST, no acampamento Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu, na região Centro-Sul, pelo lado do município de Três Barras.

A proposta foi firmada durante reunião na Câmara de Vereadores de Quedas do Iguaçu, no final de outubro, entre representantes do MST, da empresa Araupel e do assessor especial de Assuntos Fundiários do Estado, Hamilton Serighelli e divulgada no final da tarde desta terça feira (13) pela Agência Estadual de Notícias (AEN). Segundo Serighelli, o termo é resultado de oito meses de negociações e é de extrema importância para que haja uma relação pacífica entre os trabalhadores sem terra e os funcionários da empresa. “O acordo está consolidado e a empresa já está começando a trabalhar no imóvel.Ele explicou que no lado de Quedas do Iguaçu já houve muito conflito entre os trabalhadores sem terra e a empresa. Há dois anos o Governo do Estado também mediou outro acordo, para que a Araupel fizesse a extração das florestas de pinus e eucalipto na Fazenda Pinhal Ralo, em Rio Bonito do Iguaçu.

SOLUÇÃO

Com o acordo, a Araupel poderá fazer a extração de madeira, no denominado projeto 4, que é parte do imóvel do Rio das Cobras, num prazo de cinco meses (podendo ser estendido por novo acordo).

A empresa também deve fornecer material para a construção de uma guarita na entrada que dá acesso ao acampamento, na qual permanecerão um grupo de representantes do MST. Além disso, ficou estabelecido que a Araupel manterá em bom estado a estrada de acesso ao acampamento até a guarita e fornecerá o combustível para que os trabalhadores possam se deslocar do acampamento até a guarita.

Relacionadas

MAIS UMA MORTE

33ª morte por covid-19 é confirmada em Guarapuava

SISTEMA ON-LINE

Programa Guarapuava Digital oferece agilidade e economia

NOVIDADE

Franquia OdontoTop inaugura unidade em Guarapuava nesta sexta (4)

Comentários